Brasileiro passa mais de quatro horas em frente à TV, diz pesquisa

Internet aparece em terceiro lugar na pesquisa entre os veículos

Historicamente conhecida como o meio de comunicação mais acessível e consumido pelos brasileiros, a televisão tem sido cada vez mais usada, de acordo com a Pesquisa Brasileira de Mídia 2015, divulgada nesta sexta-feira (19) pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República. A audiência aumentou 75% de março a dezembro deste ano. Na última edição, publicada em março, 65% das pessoas viam TV diariamente.

O aumento do hábito de assistir à televisão também foi demonstrado pelas horas em que o brasileiro permanece diante do aparelho: de segunda a sexta-feira, o período de entretenimento passou de 3h29 para 4h31, em média, enquanto nos finais de semana aumentou de 3h32 para 4h14.

A pesquisa procura demonstrar como o brasileiro se informa. Para isso, foram feitas 18.312 entrevistas em 848 municípios, entre os dias 5 e 22 de novembro.

.

A pesquisa fez a seguinte pergunta: Por que os brasileiros apertam o botão “ligar” da TV?. De acordo com o resultado, 79% dos entrevistados usam o veículo para se informar, 67%, como forma de entretenimento, 32%, quando estão com o tempo livre e 19% acompanham algum programa específico. Outro meio de comunicação bastante consumido nos lares brasileiros é o rádio, que também é ouvido preponderantemente em busca de informação (63%), diversão (62%), para passar o tempo (30%) e ouvir programa específico (14%).

O número de pessoas que utilizam o rádio sete dias por semana também aumentou: de 21% em março para 30%. O percentual que respondeu que não ouve rádio em nenhum dos dias da semana passou de 39% para 44%. Apesar disso, nos dias de hoje, dos dispositivos móveis, o velho radinho de pilha ou ligado na tomada ainda é o modo preferido pelos brasileiros de ouvir notícias: 80% usam aparelhos de rádio tradicional e só 8% ouvem rádio quando estão no carro. Esse é o mesmo percentual de quem escuta rádio pelo celular.

Se a média diária de tempo que os brasileiros passam assistindo à TV de segunda a sexta-feira é 4h31, os pernambucanos são os que mais contribuem para essa permanência: ficam 5h37 à frente do televisor, em média, exatamente duas horas a mais do que os amapaenses (3h37), que estão no outro extremo.

Por outro lado, a média de horas dos brasileiros que ouvem rádio é um pouco menor: 3h42 nos dias de semana, índice que também aumentou em relação à pesquisa anterior. Quem mora no Espírito Santo, porém, costuma usar esse meio de comunicação por 4h36 de segunda a sexta, enquanto os marahenses ouvem o rádio por menos tempo: 2h33.

Se o assunto é assistir à TV, quanto mais nova é a geração, menos frequente é o hábito. A pesquisa revela que 69% dos jovens entre 16 anos e 25 anos veem televisão todos os dias da semana, percentual que sobe para 71% na próxima faixa etária (26 anos a 35 anos) e salta para 78% entre quem tem idade acima de 65 anos.

O costume de acordo com a idade se mantém quando o veículo é o rádio: 36% dos idosos escutam todos os dias, enquanto apenas 23% dos jovens, com até 25 anos, o fazem diariamente.A confiabilidade da mídia também foi medida pela pesquisa. Os veículos impressos são os mais confiáveis, segundo os entrevistados. Quem “confia sempre” ou “muitas vezes” nesse tipo de informação representa 58% da amostra, seguidos dos que confiam nas notícias da TV (54%) e do rádio (52%).

Fonte: iBahia


Compartilhe:

Comentários: