CCJ aprova na Câmara projeto sobre separação de presos pela gravidade do crime

Caso não haja recurso para a apreciação da matéria pelo plenário da Câmara, o projeto será encaminhado à sanção presidencial

Projeto de lei do Senado que determina a separação de presos condenados ou provisórios de acordo com a gravidade do delito praticado pelo detento, foi aprovado hoje em caráter conclusivo pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

Caso não haja recurso para a apreciação da matéria pelo plenário da Câmara, o projeto será encaminhado à sanção presidencial, por já ter sido aprovado pelo Senado.

De acordo com o texto aprovado, os presos provisórios serão separados em: acusados por crimes hediondos; acusados por crimes com grave ameaça ou violência à vítima; não considerados hediondos e por crimes diversos. Nos casos dos presos condenados, a separação se dará por condenados por crimes hediondos; primários ou reincidentes; condenados por crimes com grave ameaça ou violência à vítima e condenados por crimes diversos.

De acordo com o relator do projeto, deputado Esperidião Amin (PP-SC), atualmente os presos são separados pelos tipos de crimes praticados, ou seja, são colocados no mesmo local os autores de crimes não violentos e os que cometeram crimes hediondos.

Fonte: iBahia


Compartilhe:

Comentários: