Chorão, vocalista do Charlie Brown Jr, é encontrado morto em São Paulo

A causa da morte ainda não foi divulgada; músico iria fazer 43 anos no dia 9 de abril

chorão charlie Brown jr

O vocalista da banda Charlie Brown Jr, Chorão, foi encontrado em seu apartamento, na rua Morás, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo, no final da madrugada desta quarta-feira (6).

O cantor morava em Santos (SP), mas costumava ficar nesse prédio na zona oeste quando vinha a São Paulo.

Policiais militares da 1ª Companhia do 23º Batalhão foram acionados para o local por volta das 5h, mas equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) já estavam no endereço e haviam constatado a morte do cantor.

Segundo a polícia, Chorão não tinha sinais de agressão pelo corpo. Policiais civis do 14º Distrito Policial (Pinheiros) também confirmaram a morte do cantor, mas ainda não sabiam a causa do óbito.

Alexandre Magno Abrão, nome de batismo de Chorão, iria completar 43 anos no dia 9 de abril. Ele era cofundador da banda santista, formada em 1992.

O baixista do Charlie Brown Jr., Champignon, foi o primeiro amigo a chegar ao prédio em que o músico morava, após a notícia da morte do cantor.

O músico estava desolado. Ele subiu ao oitavo andar para acompanhar o trabalho da equipe de perícia.

Chorão era o vocalista e principal letrista do Charlie Brown Jr., que se formou em 1992 na cidade de Santos (SP). O cantor foi o único músico que esteve em todas as formações da banda santista.

Ícone entre os jovens, a banda Charlie Brown Jr. emplacou vários hits, como Proibida pra Mim, Só por Uma Noite, Dias de Glória e Vou te Levar.

Em 2009, a banda liderada por Chorão ganhou o prêmio Grammy Latino com o álbum Camisa 10 Joga Bola Até na Chuva, da fase em que o vocalista estava separado dos companheiros Marcão e Champignon.

Apaixonado por skate, Chorão criou uma pista indoor chamada Chorão Skate Park, em Santos. Chorão participou de diversos campeonatos e foi vice-campeão paulista. 

O apelido Chorão, inclusive, foi dado nesta época. Quando estava observando os colegas andar de skate, um deles, para tirar sarro dele, disse “não chora!”.

Chorão também era cineasta. Ele fez o roteiro do filme O Magnata (2007), com Paulo Vilhena no elenco, que conta a história de um playboy revoltado.  

O cantor também tinha uma linha de roupas em estilo skatista.

Fonte: R7.com


Compartilhe:

Comentários: