CPI faz audiências sobre violência contra jovens negros na Bahia

A audiência será dividida em mesas de debates, que terão as presenças do capoeirista Mestre Ninha, pai do garoto Joel, 10 anos, morto em 2010

A CPI da Câmara de Deputados que apura casos de violência, mortes e desaparecimentos de jovens negros, batizada de CPI do Extermínio da Juventude Negra realizará uma audiência na Assembleia Legislativa da Bahia, na próxima segunda-feira.

A audiência vai debater, prioritariamente, sobre os casos de assassinatos de jovens negros, vítimas da ausência de políticas públicas de inclusão do Estado e tentar encontrar juntamente com a sociedade civil formas de solução para a problemática.

A audiência será dividida em mesas de debates, que terão as presenças do capoeirista Mestre Ninha, pai do garoto Joel, 10 anos, morto em 2010, com um tiro na cabeça durante operação policial no Nordeste de Amaralina, além do Jorge Lázaro, pai do trapezista de circo Ricardo Matos dos Santos, que foi executado  por policiais na Boca do Rio enquanto jogava futebol com amigos. No dia 15 de maio, a CPI fará audiência em Itabuna, no Sul do estado.

Fonte: iBahia


Compartilhe:

Comentários: