Cratera na BR-324 completa três meses e conclusão está prevista para o fim do mês

No último dia 15, o Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação civil pública contra a empresa

Com 30 metros de diâmetro e nove de profundidade, a cratera formada após as chuvas na BR-324, região de Porto Seco-Pirajá, completou ontem três meses. Segundo a ViaBahia, concessionária que administra o trecho, o prazo estipulado para o término da obra é o próximo dia 30.

No último dia 15, o Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação civil pública contra a empresa. O MPF pediu ainda a suspensão do pedágio até que a obra seja concluída no km  618, sentido interior. Em junho, a Agência Nacional de Transportes Terrestres determinou a redução de 50% na tarifa — medida que vigorou por 30 dias.

Em nota, a ViaBahia informou que “a condição climática é o principal motivo de atrasos, impedindo a atuação dos operários e máquinas”.

Fonte: Correio 24h


Compartilhe:

Comentários: