‘Em dois anos traremos a inflação para 4,5%’, diz Alexandre Tombini

Em entrevista exclusiva a Miriam Leitão, o presidente do Banco Central disse que a inflação deve começar a cair no segundo trimestre de 2015.

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini falou sobre inflação, queda no preço do petróleo e crise russa em entrevista exclusiva a Miriam Leitão nessa quinta (18), na sede do Banco Central em Brasília.

“A inflação está mais ou menos onde ela esteve ali em torno de 0,49%, 0,50% ao mês. Temos que fazer melhor e vamos fazer melhor do que isso. Nossa meta é 4,5%. Nós vamos trazer essa meta nesse horizonte relevante para a política monetária em 2016”, afirma o presidente do BC.

Para Tombini, a inflação deve começar a cair já no segundo trimestre de 2015.

“O pico da inflação acumulada de 12 meses é no primeiro trimestre de 2015. A partir do segundo trimestre, nós vamos ver a inflação acumulada de 12 meses declinando por um longo período, culminando na nossa meta de 4,5% no final de 2016”, diz.

Alexandre Tombini acredita ainda que o entrosamento da nova equipe econômica deve ajudar a reduzir a inflação.

“Eu quero focar na inflação. Então, o que eu disse é que, primeiro, as políticas são independentes. Política fiscal e monetária têm que ser independentes. Mas elas são complementares”, diz Tombini.

Fonte: G1

 


Compartilhe:

Comentários: