Escola do EUA convoca alunas para “inspeção vaginal”

Os pais das alunas da escola de Ensino Médio Prior Lake,  em Minnesota (EUA), foram surpreendidos por uma correspondência supostamente enviada pela instituição, convocando as meninas para uma “inspeção vaginal”.

Segundo a carta, o procedimento era obrigatório e seria realizado na quadra da escola, onde as alunas deveriam comparecer com as “partes íntimas devidamente higienizadas” e sem os possíveis piercings vaginais.

O documento foi compartilhado nas redes sociais e visto por um policial, que ligou para a escola para esclarecer o fato. Ao ser comunicado, o diretor Dave Lund negou a veracidade das informações e enviou um e-mail aos pais informando que abriu um procedimento interno para investigar o autor da “pegadinha”.

Há suspeitas de que a carta pode ter sido escrito por um aluno da instituição de ensino.

Confira a carta:

Documento foi compartilhado nas redes sociais até ser visto por um policial (Foto: Reprodução | Twitter)

Fonte: Portal A Tarde


Compartilhe:

Comentários: