Exercícios ajudam a saúde de idosos

Preocupados com a saúde e querendo uma boa qualidade de vida, idosos têm seguido à risca uma rotina de caminhada, exercícios físicos e muitos estão fazendo até musculação. Essa preocupação com a saúde não é em vão, porque estudos têm mostrado que os idosos que mantêm atividades físicas estão melhorando dos problemas nas articulações, nos ossos, e muitos têm se livrado de fazer cirurgias.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) aponta que 40% dos pacientes com quadro clínico favorável à colocação de próteses no joelho desistiram do procedimento após a realização de exercícios.O estudo foi realizado com 50 pacientes do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), na zona sul da capital paulista. Eles apresentavam artrose e foram selecionados pela idade avançada, em que o estado clínico é, na maioria das vezes, mais grave.

Durante seis meses, os participantes tiveram exercícios prescritos de acordo com a condição de cada paciente, mas com ênfase em resistência e alongamento e respeitando o local solicitado por cada um, podendo ser uma hidroginástica, academia ou até mesmo atividades no próprio domicílio.

“A prática regular de exercícios físicos vem acompanhada de benefícios que se manifestam sob todos os aspectos do organismo”, explica Samir Salim Daher, médico do HSPE e diretor da Sociedade Brasileira de Medicina, Exercício e do Esporte (SBMEE).

É comprovado pelos médicos que idosos que praticam exercícios vão menos ao médico em relação aos sedentários. É claro que isso não é surpresa pra ninguém, mas precisa ser alertado diariamente para que todos possam viver mais e muito melhor. É pensando assim que a aposentada Zenira Santana, 72 anos, vem praticando exercícios físicos com um grupo de idosos que malham ao ar livre, na Praia de Amaralina.

“Eu decidi viver melhor. Mudei minha alimentação, faço natação duas vezes por semana e caminhadas com atividades físicas três vezes por semana. Antes, vivia com dores na coluna, joelho e nas mãos. Hoje em dia, me sinto bem de saúde e às vezes, sinto alguma dorzinha pelo corpo, mas nada que seja insuportável e que precise de cirurgia”, reforçou Zenira acrescentando que faz exercício há oito anos.

Para também ter uma vida melhor quando chegar à idade, a representante de caixa Josefa Batista dos Santos, de 53 anos, malha há dez anos e hoje faz rotineiramente musculação seguida de alongamentos na academia Time of Health, na Avenida Djalma Dultra. “

Eu tenho preocupação com o futuro e por isso mantenho uma rotina de exercícios físicos. Cuido também da minha alimentação e me sinto muito bem. Durmo a noite toda e fico bem durante o dia. A sensação de bem- estar é tão grande que parece que vou voar. Não paro nunca mais de malhar”, completou.

Fonte: Tribuna da Bahia

Imagem: Ilustração


Compartilhe:

Comentários: