Famosas borram o batom em redes sociais em campanha por papanicolau

Iniciativa de ONG britânica tem sido comparada a ‘desafio do balde de gelo’.
Exame é capaz de detectar células precursoras do câncer de colo do útero.

Supermodelo britânica Cara Delevingne postou selfie com batom borrado no Instagram em apoio à campanha #SmearForSmear, para alertar sobre a importância do papanicolau (Foto: Cara Delevingne/Instagram)

Uma organização britânica de prevenção ao câncer de colo de útero lançou uma campanha nas redes sociais para alertar as mulheres sobre a importância do exame de papanicolau. Em nome da ação, modelos como Georgia May Jagger, filha do cantor Mick Jagger, e Cara Delevingne postaram selfies com o batom borrado.

A campanha #SmearForSmear brinca com o nome do teste que, em inglês, é chamado de “Pap smear”. A palavra “smear” pode significar tanto esfregaço – que é como é coletado material do colo do útero no papanicolau – como borrão. Daí os batons borrados.

Idealizada pela organização Jo’s Cervical Cancer Trust, a ação tem sido comparada pela imprensa britânica com o desafio do balde de gelo, que arrecadou recursos para as entidades de apoio a pacientes com esclerose lateral amiotrófica (ELA).

O papanicolau é um exame de rotina que tem a capacidade de detectar células precursoras do câncer de colo do útero. De acordo com as Diretrizes Brasileiras para o Rastreamento do Câncer do Colo do Útero, lançadas pelo Inca em 2011, devem-se submeter ao exame mulheres a partir de 21 anos que já tenham iniciado a vida sexual. Após a obtenção de dois resultados negativos com intervalo de um ano, o controle pode passar a ser feito a cada três anos.

Para coletar material para o exame, o profissional faz uma leve raspagem do colo do útero com uma espátula ou uma escovinha inserida pela vagina da paciente.

Georgia May Jagger aderiu à campanha #SmearForSmear (Foto: Georgia May Jagger/Instagram)

Georgia May Jagger aderiu à campanha #SmearForSmear (Foto: Georgia May Jagger/Instagram)

Fonte: G1 / Bem Estar


Compartilhe:

Comentários: