Feirão online oferece chance para devedores limparem o nome

Até o próximo dia 20, os interessados podem participar do Feirão Limpa Nome Online. O serviço é gratuito, está disponível 24 horas por dia

Quem pretende quitar dívidas neste fim de ano ganhou mais um incentivo. Melhor, mais uma facilidade. Até o próximo dia 20, os interessados podem participar do Feirão Limpa Nome Online, organizado pelo Serasa. Pela internet, devedores cujos débitos são com empresas que aderiram ao feirão, poderão ter acesso a condições especais de negociação dos débitos, descontos no valor da dívida, das multas e juros e parcelamento da conta.

No total, 26 empresas participam do feirão. O serviço é gratuito, está disponível 24 horas por dia e pode ser acessado através do site serasaconsumidor.com.br/limpanome. A estudante de Ciências Contábeis Jéssica Ferreira, 22 anos, sempre utilizou o limite especial da conta corrente e do cartão de crédito até que não conseguiu mais pagar as dívidas. Segundo ela, o valor que hoje está em cerca de R$ 1 mil, no início do ano de 2011 era de R$ 500. “Fui pagando o mínimo até que não deu mais pra compensar”, explicou.

Para o gerente de Soluções de Recuperação de Crédito do Serasa Experian, André Queiroz Rocha, essa é uma oportunidade para os devedores obterem descontos e vantagens no pagamento das contas. “Fazemos pesquisas todos os anos e percebemos que os consumidores querem pagar as dívidas, tem o interesse de pagar, mas não sabem como localizar as empresas. Oferecemos a possibilidade desse encontro acontecer”, afirmou.

O Serasa mantém a possibilidade de negociação das dívidas durante todo o ano, mas sem as condições especiais oferecidas no feirão. Segundo Rocha, essas vantagens variam de empresa para empresa, mas, em geral, são abatimentos no valor da dívida e o parcelamento do total a ser pago.

“Não fazemos esse controle, qual a empresa que oferece o melhor desconto ou as melhores vantagens, mas é um bom momento para a negociação. O devedor pode aceitar a oferta da empresa ou, até mesmo, fazer uma contraproposta”, garantiu. Financeiras, administradoras de cartão de crédito e instituições do varejo são algumas das empresas que participam do feirão.

Segundo a assessoria de comunicação do Serasa, todos os meses, 200 mil pessoas acessam o site da instituição em busca de acordos com uma das 60 empresas registradas na página. Para o professor de Economia da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro (FGV-RJ) José Luiz Ewald, o fim do ano é sempre a melhor data para pagar as contas.

“O momento é bom para limpar o nome e liberar o crédito. As empresas e instituições fazem feirões com o objetivo de aproveitar o 13º salário dos devedores. É uma boa oportunidade para os credores se aproximarem dos devedores e oferecerem vantagens”, disse.

Fonte: Correio 24hrs


Compartilhe:

Comentários: