Fiocruz abre inscrições de concurso com 400 vagas

Oportunidades são para profissionais de nível médio/técnico e superior e os salários podem chegar a R$14.813,67

A Fundação Oswaldo Cuz (Fiocruz) abriu nesta quarta-feira (5), as inscrições do seu concurso com 400 vagas, sendo 75 para o cargo de técnico em saúde pública, oito oportunidades para as carreiras de analista de gestão em saúde pública, 128 para tecnologista em saúde pública e 164 para a função de pesquisador. E quem tiver experiência mínima de seis anos após o doutorado poderá concorrer ao cargo de especialista, que tem 25 vagas.

As oportunidades serão distribuídas entre as cidades do Rio de Janeiro (289), Belo Horizonte, (16), Brasília (seis), Campo Grande (oito), Curitiba (15), Fortaleza (seis), Manaus (13), Porto Velho (11), Recife (17), Salvador (17) e Teresina (duas).

Os salários oferecidos para técnico são de R$3.278,57, sendo R$2.128,37 de vencimento básico, R$373 de auxílio-alimentação e R$723,20 de gratificação de desempenho. Contudo, esse valor pode variar de R$3.730,57 a R$5.040,57, com a gratificação de qualificação. Já as remunerações para analista e tecnologista serão de R$6.229,98, sendo R$4.143,48 de salário-base, R$373 de auxílio-alimentação e R$1.704 de gratificação de desempenho. Mas os rendimentos poderão ficar entre R$7.288,33 e R$9.316,48, devido à gratificação de desempenho.

Já os rendimentos para pesquisador são de R$8.729,85, sendo R$4.685,18 de vencimento básico, R$373 de auxílio-alimentação, R$1.856 de gratificação de desempenho e R$1.814,87 de gratificação de qualificação de mestrado (requisito obrigatório para o cargo). No entanto, caso esse profissional tenha doutorado, a gratificação é de R$3.507,61. Sendo assim, a remuneração passa para R$12.237,46. E os especialistas têm ganhos iniciais de R$14.813,67, sendo R$6.957,89 de salário-base, R$373 de auxílio-alimentação, R$2.524,80 de gratificação de desempenho e R$4.957,98 de gratificação de titulação. A carga de trabalho, para todas as funções, será de 40 horas semanais.

As inscrições podem ser feitas até o dia 24 de fevereiro, no site da Fundação Dom Cintra, organizadora do processo seletivo. As taxas são de R$100 (técnico), R$160 (tecnologista e analista), R$220 (pesquisador) e R$250 (especialista) e as provas estão marcadas para o dia 30 de março. As disciplinadas cobradas serão Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Conhecimentos Específicos, de acordo com o perfil do cargo.

Fonte: iBahia


Compartilhe:

Comentários: