Fundação pede a foliões que doem sangue antes de irem para o carnaval

Com o tema “Precisamos de todos vocês” a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), lança hoje às 10h a campanha de doação de sangue para o carnaval 2014. Na oportunidade um baile de Carnaval será realizado na própria instituição e contará com a participação de artistas que trabalham na fundação, além da banda Bailinho de Quinta e da cantora Lis Braga. O evento tem como objetivo convidar os foliões e não foliões a doar sangue antes da festa, para garantir a alegria de todo mundo durante a folia.

Em virtude das festas populares que acontecem durante todo o ano na Bahia, o Hemoba prevê um aumento substancial do número de visitantes em todo o Estado. Por conta disso, a coordenadora do setor de coleta da Fundação, Virgínia Figueiredo, lembra que é preciso estar preparado para receber a grande demanda, atingindo o maior número possível de doadores baianos, aumentando assim os estoques de sangue nas unidades de Saúde Pública da Capital e do Interior.

 “O ideal é estimular a doação voluntária de sangue, que é aquela doação espontânea. É uma experiência gratificante para quem doa e, geralmente, quem passa por essa experiência, torna-se um doador fidelizado, fazendo da doação de sangue uma rotina prazerosa e benéfica para milhares de pessoas”, enfatizou Virgínia.

Segundo ela, 200 bolsas de sangue/dia é o necessário para que o Hemocentro Coordenador (Av. Vasco da Gama) atenda a população local. Porém, com o déficit de cerca de 30% em relação à quantidade ideal de candidatos, a Hemocentro tem realizado campanhas e busca ativa (lista de doadores fidelizados) para suprir a demanda: “1,3% é o número de doadores de sangue no Brasil, porém a necessidade seria de que esse número dobrasse para 3%. Para que possamos atender a demanda estamos sempre trabalhando com campanhas e por hora, salvando vidas”, destacou a coordenadora.

Para ser um doador de sangue é preciso ter entre *16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos devem apresentar autorização por escrito dos pais ou representante legal), pesar acima de 50 kg e estar bem de saúde. Os interessados devem dirigir-se ao Hemoba, com um documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional: “Todo sangue doado é separado em diferentes componentes (hemácias, plaquetas, plasmas, etc.), e assim poderá beneficiar mais de um paciente com apenas uma doação. Esses componentes são encaminhados aos hospitais públicos do estado da Bahia a fim de atender casos de emergência, pacientes internados e pessoas com doenças hematológicas”, explicou Virgínia Figueiredo.

O Hemoba recomenda que nunca vá doar sangue em jejum (sem se alimentar), dormir no mínimo 6 horas, não ingerir bebida alcoólica nas últimas 12 h, não fumar por pelo menos 2 horas e evitar alimentos gordurosos nas últimas 4 h. No caso dos homens, estes podem doar até quatro vezes ao ano, observando um repouso de 60 dias. Já as mulheres podem doar até três vezes ao ano, observando um repouso de 90 dias.

Fonte: Tribuna da Bahia

Imagem: Ilustração


Compartilhe:

Comentários: