Justiça proíbe a entrada de menores de 16 anos em shopping de SP

A medida visa prevenir a ocorrência dos “rolezinhos” e zelar a segurança dos frequentadores do shopping

Programados pelas redes sociais por jovens, o fenômeno dos “rolezinhos” (passear ou dar uma volta) continua sendo alvo de preocupação dos administradores de centros comerciais.

O juiz Evandro Pelarin, da Vara da Infância e da Juventude de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, proibiu a entrada de menores de 16 anos desacompanhados dos pais ou responsáveis no Plaza Avenida Shopping, um dos principais centro de compras da cidade.

De acordo com o ‘Estadão’, a medida vale para sextas-feiras e sábados, a partir das 18h. Caso a medida não seja cumprida, os responsáveis pelos menores podem ser presos por desobediência ou multados em até 20 salários mínimos.

A medida visa prevenir a ocorrência dos “rolezinhos” e zelar a segurança dos frequentadores do shopping. Segundo a administração do shopping, nos últimos dois anos foram registrados “comportamentos inadequados” de menores de idade que estava no local desacompanhados dos pais.

Fonte: iBahia

Imagem: Ilustração


Compartilhe:

Comentários: