Justiça suspende concurso da Polícia Federal

A Justiça Federal suspendeu temporariamente o concurso da Polícia Federal (PF) para 600 vagas de agente objetivando viabilizar o acesso de pessoas com deficiência aos cargos de delegado de polícia federal, perito criminal federal, escrivão de polícia federal e agente de Polícia Federal.

As inscrições encerraram no último domingo (26) e tem como organizadora a empresa Cesp/UnB. De acordo com a decisão, é necessário adequar o edital do certame à decisão do Supremo Tribunal (STF), do ano passado, que determina a reserva de vagas para pessoas com deficiência em concursos. A Advocacia Geral da União (AGU) informou que poderá recorrer da decisão.

A Cespe/UnB comunicou a suspensão em seu site e informou que que novas informações relacionadas ao concurso serão divulgadas em data oportuna no endereço eletrônico: http://www.cespe.unb.br/concursos/dpf_14_agente

Fonte: Tribuna da Bahia


Compartilhe:

Comentários: