Mais de 600 mil consumidores na Bahia têm a chance limpar o nome na praça

Centro de Convenções da BahiaA recepcionista Carolina Guimarães é uma dos 600 mil consumidores na Bahia que tem o nome no Serasa e SPC. Mas ela deixou, ontem, o Centro de Convenções da Bahia, com a certeza que vai retirar o seu nome do cadastro negativo nos próximos dias. Carolina aproveitou o primeiro dia da terceira edição da Campanha Nome Limpo e renegociou sua dívida com uma das cinco empresas com as quais está em débito. Dos R$ 700,00 que devia às Lojas Leader, ela conseguiu reduzir a menos da metade e ainda pagar em oito parcelas, sem juros. Até às 10hs da manhã, a campanha já havia atendido 263 pessoas. A organização espera que mais de 50 mil pessoas compareçam ao feirão e que ao menos 75% delas limpem seus nomes.

O evento ocorre até o sábado, 30 de novembro, no pavilhão de feiras do Centro de Convenções da Bahia, 2º piso (Hall C), das 8h às 18h (senha até as 17h). A Campanha Nome Limpo 2013 é uma realização da FCDL (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas) da Bahia em parceria com a CDL Salvador e Serasa Experian.

A expectativa da organização é atender uma média de 10 mil pessoas por dia. Nesta edição, pela primeira vez, o evento conta com a participação de instituições bancárias. São elas a Caixa Econômica Federal e o Banco Panamericano. Também participam da feira as Casas Bahia, Lojas Leader, GBarbosa, Lojas Esplanada, Dacasa Financeira e Embasa.

As empresas participantes estão oferecendo descontos nos juros e taxas e condições facilitadas de pagamento da dívida. Cada empresa tem uma política própria e autonomia para oferecer as melhores condições de negociação. O presidente da FCDL Bahia, Antoine Tawil, diz que a exemplo dos anos anteriores, o feirão é uma ótima oportunidade para o devedor porque é possível negociar o débito diretamente com o credor e obter descontos especiais e condições facilitadas. “Não por acaso, é um feirão que coincide com o pagamento da primeira parcela do 13º salário para que o consumidor aproveite esse recurso para liquidar suas dívidas e possa aproveitar as compras de fim de ano”, observa Tawil.

Os interessados em participar devem se dirigir ao Centro de Convenções munidos de documento de identidade com foto e CPF. O atendimento é mediante a entrega de senha. Uma equipe de triagem faz a consulta gratuita ao banco de dados do SPC e Serasa, fornecendo um extrato com a situação do débito. Em seguida, o consumidor é orientado a se dirigir ao estande da empresa credora para a negociação.

No caso das empresas que não estiverem presentes ao feirão, elas estão sendo convidadas pela FCDL Bahia e CDL Salvador a aproveitar o período para realizar descontos e redução de taxas para a quitação das dívidas. A CDL Salvador também estará disponibilizando seu serviço de atendimento ao consumidor para intermediar a negociação com esses credores.

Mais de 60 mil tiveram o nome reabilitado

Nas duas últimas edições do Feirão Nome Limpo, um total de 62 mil baianos tiveram o CPF regularizado em negociações bem sucedidas. Em 2012 foram 36 mil pessoas que tiveram o nome limpo, enquanto em 2011 o número chegou a 26 mil. Os dados são da FCDL Bahia e CDL Salvador.

No ano passado, aproximadamente 75% do público presente ao evento conseguiram êxito em sua negociação com o credor. “O balanço que fazemos até aqui dos anos anteriores é muito positivo. Trata-se de uma ação de cunho social que traz vantagens inegáveis para um grande contingente de devedores que são recuperados para o crédito”, avalia o presidente da FCDL Bahia, Antoine Tawil.

Na opinião do diretor executivo da FCDL Bahia, Carlos Machado, as empresas estão entendendo que a solução é negociar oferecendo condições que sejam boas para os dois lados. “É uma ação que por um lado desenvolve a autoestima do cidadão, que pode voltar ao mercado consumidor, e da parte das empresas, além de recuperar o seu cliente, elas obtêm um retorno financeiro significativo com esses valores pagos”, observou.

Fonte: Tribuna da Bahia


Compartilhe:

Comentários: