Médicos do município entram em greve na próxima terça

Os médicos ligados à prefeitura decidiram suspender as atividades por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira (4). Após assembleia da categoria realizada na terça (28) ficou decidido que todas as unidades do município estarão fechadas, inclusive os Postos de Saúde da Família (PSF) e Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

O Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindimed) tem recebido denúncias frequentes com relação ao descaso e os médicos afirmam que essa situação pode levar a demissão coletiva.

A categoria questiona baixos salários, atrasos nos pagamentos, além da insegurança e falta de infraestrutura nos postos de saúde. Recentemente os plantonistas que trabalham na UPA Subúrbio (Lad. Terezinha) foram surpreendidos com a redução dos salários. A instituição que terceiriza a UPA (Iest – Faculdade Dom Pedro) alega que não tem como arcar com as remunerações.

Os médicos reivindicam reajuste salarial de 20% para os servidores ativos, inativos, pensionistas e de empresas públicas, reajuste de 200% na gratificação, incorporação da gratificação ao salário, pagamento de insalubridade e periculosidade retroativos, ajuste de carga horária para 24h, melhoria das condições de trabalho e segurança no ambiente de trabalho.

Uma nova assembleia de preparação para a greve está marcada para segunda-feira (3).

Fonte: Correio 24h


Compartilhe:

Comentários: