Micro e pequena empresa lidera a criação de empregos no Estado

As micros e pequenas empresas lideraram a geração de novos empregos nos últimos seis meses na Bahia, pois geraram mais de 19 mil, assumindo a liderança regional. O setor de Serviços é o principal empregador no estado e em todo o país, desde o final do ano passado. Para se ter uma ideia,  em junho último, o setor liderou com 1.954 contratações realizadas pelos pequenos negócios.

Os dados são divulgados pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) que comprovam que os pequenos negócios continuam a sustentar a criação de empregos em todo o país, respondendo por 90% do total de postos de trabalho gerados no mês de junho.  Segundo a analista da Unidade de Gestão Estratégica do Sebrae, Dora Parente,  “a pesquisa ,mais uma ,que é a pequena empresa que garante o emprego, uma vez que as médias e grandes empresas vêm reduzindo seus quadros. Foram as empresas do comércio e da construção civil que mais contribuíram para o resultado positivo na Bahia.

Ainda no mês de junho, onde a liderança foi do setor de serviços, em segundo lugar vem a Indústria de Transformação baiana com 491 novos postos, e em terceira posição na geração de empregos vem o Comércio, com 99.  Já em todo semestre, a administração pública gerou 299 postos de trabalho.

O Nordeste também foi beneficiado no mês de junho, pois foi a segunda região  com o melhor resultado, com saldo de 16.183 empregos formais. Em todo o país, mais de 42 mil pessoas conseguiram uma vaga em Serviços, sendo que quase 40% estão trabalhando em atividades ligadas à comercialização e administração de imóveis, hospedagens e alimentação. O setor de agropecuária também não ficou para trás no mês de junho, pois desde de maio ocupou a vice-liderança no ranking nacional. A maioria das 29,5 mil novas vagas brasileiras do setor foi criada nas culturas de café e laranja e nas atividades de apoio à agricultura.

Fonte: Tribuna da Bahia

Imagem: ilustração


Compartilhe:

Comentários: