Morre bebê de mulher retirada de córrego na Zona Sul de SP

Mulher, que estava grávida de 8 meses, caiu no Córrego Água Espraiada.
Bebê prematuro foi retirado em uma cesariana.

Paramédicos tentaram reanimar grávida com massagem cardíaca após ela ter sido retirada do córrego (Foto:  Alexandre Serpa/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Morreu na noite desta quarta-feira (12), por volta das 21h30, o bebê prematuro que havia sido retirado através de uma cesariana de emergência após a mãe cair no Córrego Água Espraiada, na Zona Sul de São Paulo, informou a Secretaria Municipal de Saúde.

A mulher morreu antes, no final da tarde, segundo médicos do Hospital Municipal Arthur Ribeiro de Saboya, no Jabaquara, para onde ela foi levada.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Isabel Cristina da Silva, de 36 anos, estava grávida e chegou ao hospital com parada cardiorrespiratória às 17h43, mas morreu logo depois. Uma cesariana emergencial retirou da mulher um menino prematuro, que foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal. Isabel estava grávida de 8 meses e tinha outros sete filhos.

Por volta das 16h25, com as fortes chuvas na região, o Córrego Água Espraiada, no Jabaquara, transbordou. A mulher grávida foi levada pela correnteza ao cruzar uma ponte, na altura da Rua Alba. A gestante foi arrastada por cerca de 500 metros. Ela foi retirada da água perto do piscinão da Avenida Jornalista Roberto Marinho por moradores e policiais militares, que fizeram massagem cardíaca na tentativa de reanimá-la até a chegada do resgate. Ao menos três equipes dos bombeiros foram enviadas ao local.

Córregos transbordam

As fortes chuvas da tarde desta quarta fizeram córregos transbordar na Zona Sul. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, teve de decretar, às 15h10, estado de alerta nas subprefeituras de Campo Limpo, M’Boi Mirim, Ipiranga e Vila Mariana devido aos transbordamentos.

O CGE diz que choveu muito nessas áreas da cidade, por um período prolongado. Às 16h03, entraram em alerta as subprefeituras do Ipiranga e da Vila Mariana, por causa do transbordamento do Córrego Ipiranga.

Fonte: G1

 


Compartilhe:

Comentários: