Nasa tranquiliza população sobre asteroide que passará perto da Terra

Astrônomos concluíram: não existe nenhuma possibilidade de o asteroide de 130 mil toneladas, que percorre o espaço a 28 mil km/h, atingir a Terra.

A Agência Espacial Americana deu, nesta terça-feira (5), informações tranquilizadoras sobre o asteroide que vai passar perto da Terra na sexta-feira (15).

Os astrônomos concluíram: não existe nenhuma possibilidade de o asteroide de 130 mil toneladas, que percorre o espaço a 28 mil quilômetros por hora, atingir a Terra. Mas ele vai passar perto, a menos de 30 mil quilômetros de distância. Estará fora das órbitas da maioria dos satélites. Porém, o asteroide passará entre a Terra e outros grandes satélites usados em telecomunicações e tecnologia de posicionamento global, que ficam a mais de 35 mil quilômetros do planeta.

O asteroide tem 45 metros de diâmetro, o equivalente a quase metade de um campo de futebol. Há 50 mil anos, o impacto de um asteroide de tamanho parecido abriu uma imensa cratera no Arizona, nos Estados Unidos.

Adriana Ocampo, diretora de missões na Nasa e especialista em asteroides, diz que é extremamente difícil localizar esses objetos espaciais.

A possibilidade de esse asteroide atingir um satélite é muito remota. A Nasa calcula que há menos de uma chance em dez milhões de isso acontecer. Portanto, será uma visita de baixo risco. Não vai deixar ninguém sem sinal no celular ou sem coordenada no GPS.

Fonte: G1/Jornal Nacional

Imagem: Ilustração


Compartilhe:

Comentários: