Norma proíbe médicos de fazer selfie mostrando pacientes

Fotos circulam na internet sem autorização de pacientes. Conselho Federal de Medicina também proíbe médicos de fazer anúncios de produtos.

Começa a valer esta semana uma norma que proíbe médicos de fazer selfie mostrando o paciente. A reclamação tem sido cada vez mais comum. São fotos que circulam na internet sem qualquer autorização dos pacientes.

Imagine você estar internado, só o crachá na cama, e o médico estar mais preocupado em tirar uma foto sua para postar nas redes sociais. O caso é tão sério que o Conselho Federal de Medicina precisou criar uma norma para proibir essa invasão de privacidade.

A selfie, esse autorretrato tão na moda, é a coisa mais comum hoje.

“É um fenômeno, mas você tem que usar com moderação e consciência, já vi enfermeira postando foto com bebê, a mãe logo após o parto e a mãe ao fundo”, diz Felipe Saraiva.

Mas o que fazer quando um médico posta em uma rede social uma selfie tirada no ambiente de trabalho, com um paciente do lado, que nem sempre está sabendo que está sendo fotografado?

“Certamente eu iria tomar as providências cabíveis e necessárias, eu não gostaria”, afirma o médico Luiz Antônio Costa Siqueira.

O número de denúncias sobre esse tipo de situação tem aumentado nos últimos anos, de acordo com o Conselho Federal de Medicina. No Distrito Federal, um médico foi flagrado no ano passado tirando uma foto de si mesmo no plantão, com o hospital lotado.

“Sim, tem muitos, você coloca uma pessoa com fraturas expostas, com sangramentos, tudo isso”, diz a enfermeira Juliana Cavalcante.

Por causa do aumento do número de fotos nas redes sociais de médicos no local de trabalho com pacientes, o Conselho Federal de Medicina editou uma norma para deixar claro que esse comportamento é proibido e pode levar à punição do profissional.

O conselheiro Emmanuel Fortes explica que a resolução do CFM – que vale a partir desta semana – define o que é um comportamento adequado de médicos nas redes sociais.

“É uma forma de dizer aos médicos que precisa ter cuidado. A gente não está vetando o médico de colocar a sua fotografia em uma rede social, o que estamos dizendo é que resguarde seu ambiente de consultório, você não pode dar publicidade, identificar os seus pacientes em qualquer que seja o meio”

Os médicos que o Bom Dia Brasil entrevistou apoiam a medida.

“A rede social está invadindo muito essa área e acho importante que não tenha”, diz a médica Fátima Fonseca.

A resolução do CFM também proíbe médicos de participarem de anúncios publicitários de qualquer produto – não só remédios. Também não é permitido divulgar na internet qualquer tipo de procedimento não considerado válido pelo CFM, e também aquelas fotos de antes e depois de um tratamento.

“A profissão médica é um pouquinho diferente, em que a gente lida com vidas, então e fica parecendo um negócio”, diz a médica Alyse Carvalho.

O mais incrível dessa história é precisar de uma norma para proibir o médico de fazer selfie de paciente.

Fonte: G1/Bom dia Brasil


Compartilhe:

Comentários: