OMS diz que epidemia de Ebola pode afetar até 20 mil pessoas

Organização afirmou que espera deter avanço da doença em três meses.
Número de mortos já chegou a 1.552.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) advertiu nesta quinta-feira (28) que o vírus do Ebola poderá afetar até 20 mil pessoas, mas afirmou que espera deter o avanço da doença nos próximos três meses.

“O número total de casos de febre hemorrágica pelo vírus Ebola poderia superar 20 mil”, afirma a OMS, que no entanto espera deter o aumento de novos casos em três meses e “deter qualquer transmissão residual em seis a nove meses”.

A agência de saúde da ONU divulgou um plano estratégico para combater o surto em quatro países da África Ocidental.

“Esse planejamento assume que em muitas áreas de intensa transmissão o número real de casos pode ser de duas a quatro vezes maior do que o relatado atualmente. O plano reconhece que o número agregado de casos de Doença do Vírus Ebola pode ultrapassar os 20 mil no decorrer desta emergência”, disse a ONU.

Balanço da OMS sobre a epidemia de ebola aponta que 1.552 pessoas já morreram em decorrência da doença em quatro países africanos, de um total de 3.069 casos conhecidos.

“Mais de 40% do total de casos ocorreu nos últimos 21 dias. Entretanto, a maior parte deles está concentrada em algumas poucas localidades”, disse a agência de saúde da ONU em um comunicado.

O surto mortal do vírus começou na Guiné em março e se espalhou pelas vizinhas Libéria e Serra Leoa, assim como pela Nigéria, o que exige uma imensa e coordenada resposta internacional, disse a OMS.

Um segundo foco separado ocorre na República Democrática do Congo, onde foi identificado uma diferente cepa do vírus, segundo a OMS.

Fonte: G1

Imagem: Ilustração


Compartilhe:

Comentários: