Onda de calor mata mais de 450 pessoas em três dias no Paquistão

 

A maioria das mortes foi registrada em Carachi, a maior cidade do país

Nesta terça-feira (23), as autoridades paquistanesas anunciaram que a onda de calor que atinge a região sul do país há pouco mais de três dias já deixou mais de 450 mortos. As temperaturas em Karachi, uma grande cidade portuária, chegou no sábado (20) a 45 graus Celsius. Boa parte das vítimas teve óbito registrado por parada cardíaca.

Grande parte das mortes foi registrada em Carachi, a maior cidade do país, com cerca de 20 milhões de habitantes, onde a temperatura também chegou aos 45 graus e houve cortes no abastecimento de eletricidade e congestionamentos na rede de água. Várias províncias já decretaram estado de emergência em todos os hospitais e cancelaram folgas das equipes médicas e de saúde.

Fonte: iBahia

Imagem: Ilustração


Compartilhe:

Comentários: