Ouvidoria Geral do Município registra mais de 224 mil atendimentos

No ano de 2014, a Ouvidoria Geral do Município (OGM) tem atuado tanto no registro, acompanhamento e cobrança de soluções para as demandas dos cidadãos junto aos órgãos municipais, quanto na intermediação em situações de crise, através do diálogo com as comunidades. Pelo sistema Fala Salvador, que envolve ligações para o 156, Portal Fala Salvador na internet e atendimento presencial da Ouvidoria tanto na sede da instituição, no Comércio, como nas visitas aos bairros, foram registradas durante todo o ano 224.544 manifestações dos soteropolitanos.

Do total, 69% dos registros são referentes à solicitação de serviços, 28% de pedidos de informação e os demais 3% distribuídos entre reclamação, denúncia, sugestão e elogio. O levantamento da Ouvidoria revela ainda que as secretarias municipais de Ordem Pública (Semop), da Educação (Smed) e da Saúde reúnem juntas 57% das manifestações. Os serviços mais demandados são os de iluminação pública (14%), marcação de consultas e exames (12%) e Bolsa Família (11%). Através da atuação em conjunto com os demais órgãos municipais, foram solucionadas durante todo o ano 86% das solicitações.

Ações de destaque
Com a intenção de aproximar ainda mais a Prefeitura dos cidadãos, a Ouvidoria esteve presente este ano em aproximadamente 50 comunidades, com mais de 260 solicitações de serviços. Além disso, foram realizadas diversas parcerias, a exemplo da Smed, Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil (Sindec) e Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop), na realização de vistorias para construção e reforma de campos esportivos e de locais que necessitam de ações de infraestrutura, assim como as inscrições para o programa Primeiro Passo, que oferece auxílio financeiro no valor de R$50 às famílias com crianças em idade pré-escolar e que residam em locais onde não há creche.

A Ouvidoria também esteve presente nos dois grandes eventos realizados na cidade em 2014: o Carnaval, com o projeto “Salvador quer ouvir você”, e a Copa do Mundo de Futebol da Fifa. Em ambas as ocasiões, foram feitos registros de solicitações e avaliação dos serviços públicos municipais prestados pelos órgãos da Prefeitura. Para aperfeiçoamento das atividades, a OGM também esteve presente em encontros nacionais de Ouvidoria para compartilhamento de experiências, assim como a promoção do II Encontro da Rede de Ouvidores Municipais para avaliação e reformulação do papel dos ouvidores como elemento estratégico da gestão.

Fonte: Tribuna da Bahia


Compartilhe:

Comentários: