Para 67% dos internautas brasileiros, nada mudou no país após manifestações, aponta pesquisa

Já 10% afirmam que não só mudou, como ficou pior, enquanto 23% dizem que mudou para melhor

Para 67% dos internautas brasileiros, nada mudou no Brasil depois das manifestações populares. É o que aponta os resultados da pesquisa Pergunte ao Brasil, uma parceria inédita entre o CONECTA, braço de pesquisa online do IBOPE Inteligência, e a CBN, divulgados nesta segunda-feira (16) no site do IBOPE.

Já 23% dizem que mudou para melhor e 10% afirmam que não só mudou, como ficou pior. Estas respostas foram dadas ao serem questionados se o Brasil mudou para melhor ou pior depois das manifestações populares. Entre aqueles que acham que mudou para melhor, 56% apontam a consciência política e 74% indicam o poder da população.

Ainda sobre mobilização social, mas em outra pergunta, 29% dos internautas brasileiros afirmam que se mobilizariam no combate a corrupção, principalmente os homens, os moradores do Norte e a população da classe A. Já outros 21% dizem que se envolveriam com assuntos relacionados à educação e 16%, à saúde.

A pesquisa também apontou que 61% dos internautas brasileiros escolheriam o Brasil como terra natal se pudessem nascer de novo. Entre os que prefeririam nascer em outro país, 19% apontam os Estados Unidos, sobretudo os jovens entre 16 e 19 anos, os moradores do Nordeste e a população de classe baixa. O Canadá é citado por 17%, em sua maioria população da classe A. Já a Inglaterra seria a nacionalidade preferida por 16% dos internautas, sobretudo dos que moram no Centro-Oeste e no Norte do país.

Outro tema da pesquisa foi o voto: 58% dos internautas brasileiros afirmam que continuariam votando se o voto deixasse de ser obrigatório no Brasil. Outros 23% afirmam que continuariam votando, mas não regularmente, e só 16% declaram que deixariam de votar.

Sobre a Copa 2014, metade dos internautas entrevistados acredita que a competição vai trazer parcialmente benefícios sociais e econômicos para o país. Já 35% pensam que não vai trazer qualquer benefício. Apenas 13% dos internautas, localizados principalmente no Nordeste, acreditam que o evento certamente trará benefícios ao Brasil.

Quatro mil internautas de todas as regiões do país foram entrevistados no ‘Pergunte ao Brasil’ entre os dias 3 e 10 deste mês.

Fonte: iBahia com informações do site do IBOPE


Compartilhe:

Comentários: