Parque Olímpico está 82% concluído a um ano das Olimpíadas do Rio 2016

Percentual das obras, enfim, é divulgado por Eduardo Paes. Obra que mais preocupa, Velódromo atingiu 61%, e prefeito promete entrega até 30 de junho. Golfe tem 98%

Parque Olímpico em agosto de 2015 (Foto: Renato Sette Camara / Prefeitura do Rio)

Visão geral do Parque Olímpico a um ano dos Jogos: 82% concluído (Foto: Renato Sette Camara / Prefeitura do Rio)

Faltando um ano para os Jogos Olímpicos, a Prefeitura do Rio divulgou a porcentagem do andamento das obras das arenas esportivas, desde que os trabalhos começaram em 2013. As informações foram dadas nesta terça-feira pelo prefeito Eduardo Paes, em coletiva de imprensa no Parque Olímpico, principal área de competições do Rio 2016, que está 82% concluído.

– Todas as obras estão no prazo, apesar de algumas terem um percentual muito baixo. As pessoas cobram muito isso da gente – disse o prefeito.

Obra menos adiantada do Parque Olímpico, o velódromo está 61% concluído. Construtora da obra, a Tecnosolo passou por recuperação judicial e foi notificada duas vezes pela prefeitura por atraso nos trabalhos. Segundo Paes, ela não está atrasada. Em entrevista ao RJ TV, o prefeito prometeu entregar o velódromo no máximo em 30 de junho.

 – Ainda é uma preocupação, tivemos dificuldade no ajuste, mas está no prazo. Começou a entrar a cobertura. É o menor estádio do Parque Olímpico, com 5 mil lugares – disse.

O circuito de canoagem slalom, que era uma das maiores preocupações quando a prefeitura assumiu a obra no Complexo de Deodoro, com um ano de atraso, avançou muito bem e está 79% concluída.

– Era a nossa grande crise um ano e meio atrás. Apanhamos bastante.

Sobre o campo de golfe, que está 98% concluído, Paes não deixou claro se o evento-teste, que estava marcado para novembro, será adiado para o ano que vem a pedido da federação internacional para deixar a grama crescer mais. O prefeito ressaltou que a obra, que avançou em 58 mil metros quadrados do Parque Municipal de Marapendi, tratou-se de uma recuperação ambiental, já que a área estava parcialmente degradada.

Trabalhadores do Parque Olímpico - 1 ano para Olimpíadas (Foto: Renato Sette Camara/Prefeitura do Rio)

Trabalhadores do Parque Olímpico formam o número 1 na contagem regressiva para as Olimpíadas
(Foto: Renato Sette Camara/Prefeitura do Rio)

O prefeito também ressaltou que dos R$ 6,6 bilhões de gastos nas arenas esportivas, 64% são da iniciativa privada e que metade dos equipamentos estavam prontos devido aos Jogos Pan-Americanos de 2007.

– Por isso que o Pan foi importante. Claro que tínhamos que fazer adaptações, como a pista de atletismo do Engenhão.

Assim como na apresentação do plano de legados na semana passada, nenhum representante do governo federal ou do Ministério do Esporte esteve presente.

Confira o percentual de algumas obras:

Parque Olímpico – 82%
Campo de Golfe – 98%
Centro Internacional de Transmissões (IBC) – 95%
Arenas Cariocas 1, 2 e 3 – 85%, 91% e 93%
Vila dos Atletas – 89%
Estádio Aquático – 81%
Centro Principal de Mídia (MPC) – 81%
Circuito de canoagem slalom – 79%
Pista de ciclismo de BMX – 79%
Hotel da mídia – 77%
Arena do Futuro – 74%
Centro de Tênis – 68%
Velódromo – 61%

Quadra de handebol pronta no Parque Olímpico (Foto: quadra, handebol, olimpíadas, parque, olímpico)
Quadra de handebol da Arena do Futuro está pronta no Parque Olímpico (Foto: Danielle Rocha)
Fonte: G1


Compartilhe:

Comentários: