Perícia aponta overdose de cocaína como causa da morte do irmão de MC Gui

A informação foi divulgada na noite deste domingo (25), durante o programa Fantástico

O laudo da perícia da morte de Gustavo Castanheira, irmão do cantor MC Gui, apontou que o menino morreu aos 17 anos por uma overdose de cocaína. A informação foi divulgada na noite deste domingo (25), durante o Fantástico. Segundo o exame, Gustavo não havia engerido nenhum tipo de bebida alcoólica: “Gustavo fez uso prévio de cocaína e teve morte súbita em decorrência de insuficiência respiratória aguda”, afirmou o laudo.

Em entrevista ao programa, os pais do garoto disseram não saber sobre a dependência do filho e fizeram questão de alertar outros pais para o perigo das drogas. “Quando eu vi escrito no laudo a cocaína, eu sinceramente, entrei em choque. Não dá para acreditar, não. A gente tinha uma desconfiança que havia possibilidade de ele estar envolvido com alguma coisa mas não com esse tipo de droga”, afirmou a mãe Claudia Castanheira.

Claudia conta que a desconfiança começou quando o jovem chegava em casa meio alterado. “Ele estava meio agressivo nas palavras. O pai chegou até falar para ele: “Se eu descobrir que você está usando droga, se eu pegar, Gustavo, eu vou te amarrar dentro de casa”. Ele chegou a comprar uma corrente e falou que ia amarrar”, contou.

Fonte: iBahia


Compartilhe:

Comentários: