Piloto ainda em estado vegetativo é esquecido pela Fórmula 1

Há mais de cinco meses após um dramático acidente, Jules Bianchi segue confinado em um hospital da França e inconsciente. Os pais do piloto, Philippe e Christine, não desejam que o tratamento do filho seja relatado para a imprensa, o que talvez tenha feito a própria Fórmula 1 se esquecer dele. De acordo com a imprensa europeia, o piloto permanece fora do coma e respirando sem a ajuda de aparelhos, mas seu estado neurológico segue inalterado desde o acidente, e ele continua inconsciente. O pai de Jules Bianchi admitiu que deve entrar com um processo contra o Circuito de Suzuka, no Japão, pois vê como responsável pelo acidente que o colocou em uma cama de hospital há mais de cinco meses. Segundo o jornal italiano Gazzetta dello Sport, Philippe Bianchi disse que fará de tudo para apurar os responsáveis pela batida acidente no Grande Prêmio do Japão e garantiu que já contratou um advogado.
“Ainda não sabemos o que vamos fazer, mas certamente que aquela não foi uma normal situação de corrida. Se existir alguém responsável pelo que sucedeu, terá que pagar por isso, sem sombra de dúvida”.
Desde sua batida no Grande Prêmio do Japão, Jules Bianchi nunca mais recuperou a consciência, mantendo-se internado desde novembro num hospital de Nice, perto da sua residência. Sobre o estado atual do filho, Philippe falou que não houve novas atualizações dos médicos sobre o piloto nos últimos meses, já que há “pouco para dizer”.
“Jules ainda está em coma. Enquanto ele não acordar, a única coisa que podemos fazer é esperar. É preciso paciência, muita paciência, mas é muito difícil, pois sabemos que a qualquer momento podemos receber uma terrível chamada do hospital. Temos que ser fortes, como o Jules e pelo Jules”.
Fonte: Agora


Compartilhe:

Comentários: