Produção de petróleo passa dos 2 milhões de barris diários no Brasil

A produção de gás natural foi de aproximadamente 72,9 milhões de metros cúbicos por diaA produção média de petróleo no mês de outubro no Brasil foi de aproximadamente 2,079 milhões de barris por dia, um aumento de cerca de 3,4% em comparação com o mesmo mês do ano passado e redução de cerca de 0,7% em relação a setembro.

A produção de gás natural foi de aproximadamente 72,9 milhões de metros cúbicos por dia, redução de 0,1% na comparação com outubro de 2012 e de 6,8% na comparação com setembro de 2013.

No total, a média de petróleo e gás produzidos foi de aproximadamente 2,537 milhões de barris de óleo equivalente por dia. O campo de Roncador, na bacia de Campos, foi o maior produtor de petróleo, com média de 289,4 mil barris por dia e o de Rio Urucu, na bacia do Solimões, o que mais produziu gás natural, apresentando média de 6,2 milhões de metros cúbicos diários.

A plataforma P-56 foi a que mais produziu, com média de 140,5 mil barris de óleo equivalente por dia através de 8 poços a ela interligados.

Pré-sal

A produção no pré-sal foi de 308,4 mil barris de petróleo por dia e 10,1 milhões de metros cúbicos diários de gás natural, totalizando 371,8 mil barris de óleo equivalente, o que corresponde a uma redução de 6,5% em relação ao mês anterior, causada por problemas operacionais na plataforma FPSO Cidade de Angra dos Reis.

A produção teve origem em 27 poços localizados nos campos de Baleia Azul, Caratinga, Barracuda, Jubarte, Linguado, Lula, Marlim, Voador, Marlim Leste, Pampo, Pirambu, Sapinhoá, Trilha e na área de cessão onerosa de Franco.

Informações gerais 

A produção de petróleo e gás natural no Brasil foi oriunda de 8.962 poços, sendo 764 marítimos e 8.198 terrestres. O grau API médio do petróleo produzido no mês foi de aproximadamente 24,3º API, sendo 9,3% óleo leve (maior ou igual 31º API), 62% óleo médio (entre 22º e 31º API) e 28,7% óleo pesado (menor que 22º API).

O campo com o maior número de poços produtores foi Canto do Amaro, na bacia Potiguar, com 1.110 poços. O campo marítimo com maior número de poços produtores foi Marlim, com um total de 58.

Fonte: Tribuna da Bahia


Compartilhe:

Comentários: