Professores da Ufba decidem manter greve que já dura 115 dias

Dos professores presentes, 210 votaram a favor contra 63 que optaram pelo término

Os professores da Universidade Federal da Bahia (Ufba) decidiram em assembleia nesta terça-feira (15) pela continuidade da greve da categoria, que já passa de 115 dias. A decisão da reunião foi anunciada por volta das 18h40. Foram 210 votos a favor, contra 63 que optaram pelo término.

O Sindicato dos Professores das Instituições Federais do Ensino Superior da Bahia (Apub) não confirmou a data da próxima assembleia. A Ufba ainda não se posicionou se o semestre de 2015.1 realmente não será cancelado, como afirmou no início deste mês.

Os sindicalistas aproveitaram a reunião para se posicionarem sobre os novos cortes anunciados pelo governo federal, nesta segunda-feira (14).

Fonte: iBahia


Compartilhe:

Comentários: