Programa oferece 966 vagas para cursos gratuitos na área de TI

Do total de 966 vagas oferecidas, 900 são para Salvador e 66 vagas são para o município de Camaçari

O governo estadual por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), em parceria com o Senai–BA, está com inscrições abertas para o curso de qualificação na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Do total de 966 vagas oferecidas pelo Programa de Aprendizado Jovem (Proaj), 900 são para Salvador, nos turnos matutino, vespertino e noturno; e 66 vagas são para o município de Camaçari.

Os cursos são gratuitos e as inscrições podem ser feitas somente pelo site do programa (www.proajba.com.br) até as 23h59 do próximo dia 29 de junho. Para participar é preciso ter idade mínima de 14 anos e estar cursando ou já ter concluído o ensino médio na rede pública estadual.  “O nosso maior objetivo é fortalecer o mercado baiano no campo da tecnologia da informação”, disse o gestor do projeto pela Secti, Renato Cardoso.

Ainda de acordo com ele, a busca por este profissional é grande. “Em média, um profissional técnico pode receber um salário entre R$ 2 mil e R$ 2,5 mil, justamente para suprir esta demanda de mercado”.

O processo seletivo consiste na realização de um minicurso de Iniciação Profissional em Tecnologia da Informação e Comunicação, feito no próprio site. Ao final do minicurso, ainda no ambiente virtual, os candidatos são submetidos à avaliação de caráter classificatório. A lista de convocados está prevista para ser divulgada na primeira semana do mês de julho.

O curso de qualificação está dividido em duas etapas. No primeiro momento, os alunos terão aulas de informática básica, redação técnica, raciocínio lógico, português, matemática, inglês, empreendedorismo e desenvolvimento comportamental.

Os aprovados nesta fase passam para a etapa seguinte, como explica a coordenadora do programa no Senai-BA, Neyla Fontan. “O programa irá trabalhar as seguintes competências formativas: Desenvolvedor WEB, Desenvolvedor Java Web, Operador de Suporte Técnico em TI e Instalador e Operador de Sistemas de Telefonia e Comunicação”.

A coordenadora ressalta ainda, que o Proaj é apenas o primeiro degrau para o jovem que desejar atuar na área. “Ao concluir a qualificação, ele pode buscar um curso profissionalizante ou uma graduação a fim de ampliar seu conhecimento”, reforça.

Os 20% melhores alunos aprovados no Proaj serão beneficiados, após a conclusão do projeto, com bolsas de estudo de cursos profissionalizantes do Senai na área de TI.  O Proaj surgiu em 2012 e já matriculou até hoje, três mil jovens. Mais informações podem ser obtidas no telefone (71) 3345-1419.

Fonte: Correio 24hrs

Imagem: Ilustração


Compartilhe:

Comentários: