Prova prática do Detran terá hora e dia marcados

Agência O GloboPor O Globo | Agência O Globo

RIO – As provas práticas de direção dos candidatos a motorista da categoria B, ou seja, de veículos de passeio, só serão realizadas mediante agendamento prévio do dia e da hora. A medida, que está valendo desde ontem, beneficiará, segundo o Detran-RJ, cerca de 39 mil pessoas por mês em 30 áreas da Região Metropolitana e do interior do estado.

O agendamento junto ao órgão é realizado quinzenalmente pelas próprias autoescolas. Antes, no entanto, o procedimento definia apenas o dia do exame, o que, muitas vezes, obrigava os candidatos a esperar bastante tempo no local da prova. A partir de agora, as autoescolas passarão a saber com antecedência a hora da prova de cada um dos alunos. Segundo o órgão, esse horário será sempre entre uma hora cheia e a seguinte, isto é, entre 8h e 9h, entre 10h e 11h, e assim por diante.

Para o presidente do Detran, Fernando Avelino, a iniciativa significa mais conforto para os candidatos a motorista, uma vez que acabará com o atendimento por ordem de chegada.

– Este é mais um passo do Detran no aperfeiçoamento do atendimento ao cliente – afirma Avelino.

O presidente do Detran lembrou que, em novembro, para melhorar o atendimento, o órgão adotou o agendamento prévio também para obtenção das carteiras de identidade.

Os exames para motoristas da categoria B são realizados nas áreas de Angra dos Reis, Araruama, Barra Mansa, Barra do Piraí, Cabo Frio, Campo Grande, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Fundão, Itaguaí, Itaboraí, Itaperuna, Macaé, Magé, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Nova Friburgo, Petrópolis, Resende, Sepetiba, Santo Antônio de Pádua, São Gonçalo, São João de Meriti, Rio Bonito, Teresópolis, Três Rios, Urucânia, Valença e Volta Redonda.

Os habilitados na categoria B podem dirigir veículos de quatro rodas de até 3.500 quilos que não efetuam transporte remunerado de cargas e passageiros. De acordo com o Detran-RJ, existem hoje cerca de 4,03 milhões de carros de passeio no estado, sendo 1,99 milhão no município do Rio.


Compartilhe:

Comentários: