Regras para financiar imóveis usados adiam o sonho da casa própria

Desde o início do mês, a Caixa financia só até metade do valor do imóvel.
Em Salvador, queda nas vendas de imóveis usados foi de 50%.

Desde o início do mês, a Caixa Econômica Federal mudou as regras para a compra de imóveis usados e só está financiando metade do valor dos imóveis.

Em Salvador, a supervisora Luciana Rodrigues teve que adiar o sonho de sair do aluguel. Ela havia escolhido um imóvel no valor de R$ 175 mil e pelas regras antigas, ela teria que dar a entrada de R$ 17.500.

Agora, com as novas regras, o valor passa para R$ 87.500, sendo que a taxa de juros também subiu de 8,4% para 8,7%. Luciana, por enquanto, vai continuar pagando R$ 1,2 mil de aluguel, número próximo à prestação de R$ 1,4 mil que ela pagaria no financiamento.

A alteração nas regras também já está influenciando a vida dos vendedores. De acordo com o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis, a queda das vendas de imóveis usados em Salvador já chega a 50%.

A faixa mais afetada é a dos imóveis com valor até R$ 500 mil e para driblar a crise, os corretores estão buscando outras alternativas, como baixar os preços e aconselhar a procura por financiamentos em bancos privados, apesar de os juros serem um pouco maiores.

Quem tem o dinheiro para a entrada, mesmo com a mudança nas regras, também está tendo dificuldade para conseguir crédito. Na Caixa Econômica Federal tem gente esperando mais de um mês para conseguir um financiamento.

Fonte: Hora 1


Compartilhe:

Comentários: