Salvador vai ampliar rede de assistência à população de rua

O secretário de Promoção Social e Combate à Pobreza de Salvador, Maurício Trindade, informou que a rede municipal de assistência à população será ampliada – principalmente com abrigos para menores. Reportagem do CORREIO no domingo mostrou, com base em mapeamento da própria secretaria, que metade dos menores de rua são viciados em crack.

Atualmente, a secretaria tem sob sua responsabilidade três abrigos, com 50 vagas ao todo, e mais 400 vagas para crianças em instituições conveniadas. “O número vai aumentar para mais dois abrigos adultos e mais dez para crianças”, disse o secretário Maurício Trindade, que ainda não sabe onde os abrigos serão instalados.

O mapeamento da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza indica que a maioria das crianças e adolescentes que consomem crack – assim como os usuários de outras faixas etárias – está concentrada em pontos turísticos e áreas nobres. A maior concentração de jovens viciados é no Centro Antigo. No total, a secretaria contou 3.500 pessoas morando nas ruas da capital.

Fonte: Correio da Bahia

Imagem: Ilustração

 


Compartilhe:

Comentários: