São Paulo ganha primeira igreja gay

São Paulo ganha nesta sexta (25), em seu aniversário de 459 anos, sua primeira igreja gay. Com capacidade para abrigar 500 fiéis, a Igreja Cristã Contemporânea abre as suas portas na Alameda Glete, Santa Cecília, Centro, com um culto marcado para as 19h.

Segundo os fundadores da igreja, os pastores Marcos Gladstone da Silva, 37 anos, e Fábio Inácio de Souza, 33 anos, casados desde 2009, a denominação em São Paulo  tem cerca de 30 seguidores.

A igreja foi criada no Rio de Janeiro em 2006. “Recebíamos muitos pedidos para abrirmos uma sede na cidade”, disse Gladstone.

O fiel de carteirinha número um  em São Paulo é o enfermeiro Silvio de Souza Carvalho, 28 anos. “Conheci a igreja pela internet e passei a ir aos cultos no Rio. Agora vai ficar bem mais fácil.”

A estudante de medicina Hayna Lopes, 24 anos, é a única lésbica da sede paulistana. “Eu me sinto muito bem nos cultos.”

O Conselho de Pastores do Brasil não reconhece a igreja. “Não há  interpretação bíblica   que aprove a  homossexualidade”, disse o presidente do conselho, pastor Silas Malafaia.
 
Informações do Portal Terra


Compartilhe:

Comentários: