TRT antecipa julgamento da greve dos rodoviários para quinta-feira (29)

Sindicato das empresas alega que não pode ir além da proposta de reajuste salarial de 9%

O Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região antecipou a data de julgamento do dissídio coletivo de greve dos rodoviários para esta quinta-feira (29), às 16 horas. A antecipação de se deve à urgência em se deliberar sobre o assunto, tendo em vista que toda a sociedade vem sendo afetada pela ausência de transporte público desde a noite da última segunda-feira (26). Caso não cumpra a determinação do TRT, o Sindicato dos Rodoviários está sujeito a pagar uma multa diária no valor de R$ 100 mil.

Na manhã desta terça-feira (27), foi realizada uma audiência de conciliação entre empresários e rodoviários não trouxe novidades ao caso da greve. Em contato com o iBahia, a assessoria do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5-BA) informou que as partes não chegaram a um acordo, mesmo após o presidente do TRT5, desembargador Valtércio Ronaldo de Oliveira, fazer sugestões em reuniões separadas.

Sindicato das empresas alegou que não poderia ir além da proposta de reajuste de 9%, já acordada com o sindicato dos trabalhadores. Contudo, os rodoviários não concordaram e estão pedindo também um auxílio-alimentação de R$ 17. Assim, a liminar concedida pela desembargadora Débora Machado, que determinou que deverão estar nas ruas pelo menos 70% dos ônibus nos horários de pico (das 4h30 às 8h30 e das 17h às 20h) e 50% nos demais horários segue em validade.

Fonte: iBahia


Compartilhe:

Comentários: