35 ANOS: Prefeito Mezo parabeniza assentados da Reforma Agrária de Angical

Em janeiro 1986 por meio do Decreto nº 92.279, o Governo Federal declarou de interesse social parte do imóvel rural denominado Sertaneja, constituído pelas Fazendas Itacolomi de Baixo, Santa Luzia, Atoleiro (parte) e Gameleira (parte), compreendido na referida área, nos municípios de Angical e Cotegipe para fins de reforma agrária.

“Ao longo destes 35 anos vivenciamos junto aos moradores suas principais necessidades. O assentamento possui 54 mil hectares. Foi o primeiro projeto de reforma agrária da Bahia e é uma das maiores áreas em extensão da América Latina. Nosso desafio agora enquanto gestor é trabalhar ainda mais por essas comunidades”, afirma o prefeito Mezo.

OBRAS E SERVIÇOS- Enquanto vereador, Mezo buscou junto as principais lideranças estaduais e federais obras e serviços para beneficiar as comunidades do assentamento como: sistemas de abastecimento de água, rede de energia Elétrica, mecanizações agrícolas, pequenas agroindústrias entre outros projetos.

EXTENSÃO REDE ELÉTRICA- Em 218, por exemplo, com o apoio do Deputado Estadual – Antônio Henrique Júnior (PP), Mezo articulou junto ao Programa Luz para Todos, a extensão da rede elétrica que beneficia diretamente 34 famílias da localidade de Santa Luzia. “Passamos quatro anos lutando por essa ampliação da rede, com vários requerimentos, mas a partir do apoio e o encaminhamento feito pelo deputado, as coisas começaram a andar e a energia, enfim, foi instalada”, destacou na época o então presidente da Associação de Pequenos Produtores Rurais de Santa Luzia, Geraldo Dias Santos.

“É muito gratificante perceber os avanços que colaboramos ao longo dos anos. Vamos continuar dando nossa atenção aos assentados. A responsabilidade agora é maior, porém, com muito trabalho e determinação vamos fazer o nosso melhor”, finaliza o prefeito.


Compartilhe:

Comentários: