Agenda Territorial da Bahia foi lançada para os municípios das Bacias do Rio Corrente e Rio Grande

Mais de 500 pessoas participaram do evento realizado em Barreiras. O projeto, AG – TER é coordenado pela Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan)

Fotos cheilla Gobi

Cheilla Gobi

Com objetivo de identificar e propor projetos econômicos, identificar e dialogar com empreendedores e agentes institucionais, com intuito de encontrar soluções e criar oportunidades para o desenvolvimento econômico em cada território foi lançada em Barreiras, no Oeste da Bahia a Agenda Territorial da Bahia – AG- TER, para os municípios das Bacias do Rio Grande e Rio Corrente.

Mais de 500 pessoas lotaram o auditório do Hotel Solar das Mangueiras. Quase a totalidade dos 25 municípios esteve representada por seus líderes. Prefeitos, vereadores e secretários municipais marcaram presença no evento, além dos parceiros como Sebrae, Universidade Federal da Bahia (UFOB), Instituições financeiras.

Na oportunidade foram assinados o Termo de Compromisso para indicação do Comando Ambiental; Protocolo de Intenções entre a Seplan e o Banco do Nordeste para subsidiar empreendimentos produtivos nos termos previstos na AG-TER e o Termo de Compromisso entre a Seplan e o Banco do Nordeste que garante nova apreciação da Norma Técnica para inclusão de culturas e atividades pecuárias que não estejam contempladas no Zoneamento Agrícola dos Territórios da Bacia do Rio Grande e Bacia do Rio Corrente.

De acordo com o vice-governador da Bahia e secretário de Planejamento do estado, João Leão a agenda objetiva propiciar oportunidades de desenvolvimento aos territórios, mediante a conexão de esforços entre diversos setores. “O intuito é viabilizar a implantação de empreendimentos produtivos em todos os territórios, com intuito de promover a geração de renda e a melhoria da condição de vida do povo baiano. Esse projeto visa trazer importantes benefícios para os agricultores familiares”.

O diretor de Planejamento Territorial da Seplan, Luiz Gugé também esteve presente no evento e falou da importância da regularização fundiária e do valor que tem o título da terra para o produtor rural. “Esse projeto vai além ao garantir ao agricultor o acesso ao crédito, que ampliará sua capacidade de investimento e aumento da sua renda”.

O deputado estadual Antonio Henrique Junior que já encaminhou ao governador Rui Costa a Indicação Parlamentar nº 22.497/2018, de sua autoria, para a implantação da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental – CIIPA, em Barreiras, para o enfrentamento dos ilícitos ambientais no Oeste baiano, avaliou positivamente o evento de lançamento da agenda.

“Para nossa satisfação, estiveram reunidos, no mesmo espaço, representantes do agronegócio e da agricultura familiar, com pautas pertinentes para os dois segmentos. É dessa forma que estamos trabalhando para o desenvolvimento socioeconômico da Bahia”, comemorou o parlamentar.

AG-TER

A AG-TER é uma ação estratégica do Governo do Estado da Bahia, que visa integrar esforços e articular entidades financeiras, instituições de ensino superior e tecnológico, agências de fomento e de apoio a pequenos e médios empreendedores, consórcios públicos intermunicipais, órgãos federais, estaduais e municipais, dentre outros.

Sob a coordenação da Seplan, esta ação tem como um dos seus principais objetivos acelerar o desenvolvimento econômico dos Territórios de Identidade. Busca também a promoção de uma cultura empreendedora, a integração de mercados, além do estabelecimento de uma visão de futuro compartilhada, com vistas ao desenvolvimento territorial sustentável.

Trata-se, então, de uma ação articulada para superar as desigualdades territoriais, buscando propiciar oportunidades de desenvolvimento, mediante a integração de esforços entre diversos atores públicos e privados de diferentes segmentos, fomentando a geração de renda e a melhoria da condição de vida da população baiana.

 


Compartilhe:

Comentários: