Barreiras divulga Plano Municipal de Imunização da Covid-19

Os detalhes foram repassados pelo secretário de Saúde, Anderson Vian, durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira, (30)

Após estruturar e implantar ações específicas e emergenciais de enfrentamento ao Coronavírus, a Prefeitura de Barreiras se organiza para garantir a vacinação da população contra a doença. Nesta quarta-feira (30), o secretário de Saúde, Anderson Vian, reuniu a imprensa para anunciar detalhes do Plano Municipal de Imunização da Covid-19. A proposta é garantir, em uma primeira etapa, a vacinação dos grupos prioritários elencados pelo Ministério da Saúde, que em Barreiras, segundo a Secretaria de Saúde, é composto por 29.821 pessoas.

Considerando duas doses por pessoa, nesta primeira fase, o Município fará a aquisição de 60 mil doses. De acordo com Vian, que esteve na última segunda-feira, 28, reunido com secretário de saúde de Salvador, Leo Prates, a compra do imunizante será realizada via consórcio que a Prefeitura da capital baiana está construindo.  “Barreiras é o primeiro município do Estado a manifestar interesse na adesão ao consórcio. Existem duas a três vacinas próximas de serem aprovadas, estamos aguardando a autorização da Anvisa para seguirmos o Plano de Imunização”, disse.

Após a aquisição das doses, o plano prevê a divisão das pessoas que receberão as vacinas, em quatro grupos. Os trabalhadores da saúde, idosos de 75 anos acima e os indígenas, serão os primeiros. Logo depois vem as pessoas de 60 a 74 anos e institucionalizados. Na terceira fase estão as pessoas que apresentam comorbidades. E, encerrando a imunização dos grupos prioritários serão vacinados os professores de nível médio e superior; forças de segurança e salvamento; funcionários do sistema prisional e população carcerária.

Através de um acordo de cooperação técnica firmado entre a Prefeitura de Barreiras e a Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), o município já dispõe de um ultrafreezer para o armazenamento dos imunizantes de propriedade da instituição de ensino. O equipamento garante uma temperatura de menos 70 graus, exigida para conservar alguns tipos de vacinas. O Plano de Imunização prevê ainda a oferta nas doses nas 26 unidades de saúde de Barreiras, em dois pontos de drive-thru, vacinação em domicílio para pessoas incapacitadas de sair de casa, além de levar as doses às populações da zona rural, com o apoio da unidade móvel.

“Já adquirimos 60 mil seringas que serão utilizadas no processo, além disso, já autorizamos a aquisição de mais 20 mil testes, que somados aos 25 mil já adquiridos e aos realizados pelos laboratórios credenciados, laboratório da Ufob e o Lacem, de Salvador, chegaremos a mais de 55 mil testes. Isso significa 1/3 da população de Barreiras”, disse o secretário de saúde. Em relação à capacidade de vacinação, Vian prevê que, se não houver nenhuma intercorrência, 7.600 pessoas sejam imunizadas contra a Covid-19 por dia, considerando unidades de saúde, vacinas em domicílios e drive-thru. Acreditamos que em torno de uma semana toda a população do grupo prioritário seja vacinada”, finalizou.

Dircom


Compartilhe:

Comentários: