BISPO DOM LUIZ FLÁVIO CÁPPIO É O GRANDE HOMENAGEADO DO TROFÉU PEQUI DE OURO 2017

Da redação JGO com informações e fotos da Diocese de Barreiras

Nesta 6ª edição do Troféu “Pequi de Ouro”, realizado todos os anos no município de Barreiras, no Oeste baiano, o grande homenageado foi o Bispo da Diocese de Barra, Dom Luiz Flávio Cáppio pela sua eterna luta em defesa do Rio São Francisco.

O evento realizado na última sexta-feira, 06/10, na Praça do Memorial Dom Ricardo – Vila Dulce, tem como objetivo reconhecer, fortalecer, mobilizar e potencializar as ações e movimentos de preservação do cerrado baiano.

Ao receber o prêmio, com sua voz suave encantando a plateia que ficou paralisada e silenciosa, disse algumas frases que viralizaram nas redes sociais “…Ouço falar que o Rio São Francisco, está na UTI, mais o Rio não está na UTI, pois se tivesse, estaria sendo tratado. Ele está é na fila do SUS, e não sabe quando começará o tratamento…” Trecho do pronunciamento do maior defensor do Velho Chico, Dom Luiz.

Durante o evento houve apresentações culturais e música ao vivo. Essas apresentações juntamente com as músicas, mostraram justamente essa questão do cuidado com o Cerrado, do cuidado com os rios e dos problemas que são enfrentados pelos ribeirinhos e pela geração geraizeira.

O evento Pequi de Ouro é realizado pela Agência 10envolvimento, que atua como braço da Pastoral Social Diocesana de Barreiras. Comemorando 13 anos de luta socioambiental, a 10envolvimento promoveu mais uma homenagem aos verdadeiros guardiões da biodiversidade, das águas e da cultura tradicional do bioma Cerrado!

Antes da abertura do evento, foi realizada uma Missa na Igreja São Bento – Memorial Dom Ricardo. A Missa foi presidida pelo Dom Frei Luís e concelebrada pelo Pe. Robervalto Soares.

Ao final do evento, foi servida a famosa galinhada com pequi e arroz.


Compartilhe:

Comentários: