Começa a Bahia Farm Show, com perspectiva de atrair 2 bilhões em negócios

A maior feira de tecnologia agrícola do Norte/Nordeste chega à sua 15ª edição. O evento reúne as principais empresas do setor Agro e é uma ótima oportunidade para quem quer fazer negócios.

Fotos Cheilla Gobi

Cheilla Gobi

Após registrar a segunda maior safra da história, o agronegócio brasileiro realiza a 15ª Edição da Bahia Farm Show, a maior vitrine do agronegócio do Norte e Nordeste do Brasil e que está entre as três maiores do país em volume de negócios. A feira, considerada uma das três maiores do Brasil teve início nesta terça-feira (29), em Luís Eduardo Magalhães, Oeste da Bahia.

O vice-governador da Bahia, João Leão, o governador de Roraima, Antonio Denarium, senadores, deputados estaduais, federais, prefeitos e autoridades do setor agropecuário marcaram presença na solenidade, presidida pelo presidente da Feira, Celestino Zanella que na oportunidade agradeceu a todos os envolvidos. “A Bahia Farm Show é fruto do trabalho incansável de uma equipe que se dedica o ano inteiro, motivada, sobretudo, pela inquietude que é típica do produtor rural, que nunca se contenta e sabe que sempre é possível melhorar”, disse Zanella.

Prefeito Oziel Oliveira

O prefeito de Luís Eduardo, Oziel Oliveira, faz questão de todos os anos relembrar o início desse grande feito. Este ano, fez uma retrospectiva da história da feira, destacando o crescimento ao longo dos últimos anos. “Me orgulho de ver aquela feira que começou no meio da rua, que virou notícia pelo primeiro balanço das movimentações financeiras, que chegou a R$ 500 milhões, hoje tem a expectativa de fechar em R$ 2 bi”, disse.

Durante a solenidade de abertura, foram assinados os convênios do Fundo para o Desenvolvimento Sustentável e Integrado da Bahia (Fundesis), uma parceria do Instituto Aiba e Banco do Nordeste (BNB) que vai destinar um total de R$ 1,2 milhão para contribuir para a atuação de 24 instituições com projetos sociais em oito municípios do Oeste da Bahia.

“Os produtores ao contratar o custeio de safra junto ao Banco do Nordeste contribuem com o Fundesis, e o recurso é revertido para entidades que trabalham com o atendimento de causas sociais. Essa foi a forma eficiente que a Aiba encontrou para ajudar as pessoas que vivem na região onde a Associação atua”, destacou o presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Busato.

Até o dia 01 de junho, o evento que reúne mais de 260 expositores com mais de 900 marcas, deve receber mais de 70 mil visitantes de todas as partes do país, além de estrangeiros que também vem ao Brasil exclusivamente para a feira.

A expectativa é ultrapassar o volume de negócios alcançado na edição anterior, quando o montante chegou a marca histórica R$ 1,891 bilhão.

Durante cinco dias, dentro de uma área de 144 mil metros quadrados, serão apresentadas as principais tendências mundiais e novidades em máquinas, produtos, implementos agrícolas, tecnologias digitais e serviços para todas as cadeias produtivas do agronegócio.

Novidades

Nesta edição, o evento vem com ampliação da infraestrutura, abrigando recorde de novos expositores, e com a previsão de atingir pela primeira vez o patamar de R$ 2 bilhões em volume de negócios. Um novo espaço coberto com 62 novos estandes, que, somados aos do galpão já existente, dobraram o número de espaços destinados às empresas expositoras, em área coberta.  Dois novos espaços: a “Ilha da Segurança”, com as Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Graer, Guarda Municipal e o Exército Brasileiro; e a “Ilha da Agricultura Familiar”, onde os pequenos e médios agricultores oriundos de toda a Bahia demonstram e comercializam os seus produtos.

O Complexo Bahia Farm Show mantém uma infraestrutura com ruas 100% asfaltadas, dois restaurantes, dois auditórios, amplos estacionamentos, campo experimental com pesquisas do setor agrícola. O evento tem ainda uma área para test drive com exibições e performances do setor automotivo, posto médico, sanitários, área de lazer, bosque de espécies nativas, central de atendimento ao expositor e ao montador e segurança 24 horas.  Além dos detalhes na ampliação da infraestrutura, a feira oferece também a programação de palestras e workshop, abrangendo mais de 20 temas ligados ao setor do agronegócio. Destaques da programação, ainda para Fórum do Canal Rural e Leilão de Gado.

A outra grande novidade este ano é a primeira edição do Prêmio Abapa de Jornalismo, uma iniciativa da Associação Baiana dos Produtores de Algodão como forma de incentivar o trabalho jornalístico dedicado à divulgação da cotonicultura praticada no estado da Bahia. O prêmio contemplará modalidades escritas e de vídeo produzidas dentro de critérios pré estabelecidos no regulamento.

O evento deve reunir profissionais da imprensa de todo o Matopiba, além de jornalistas de outros estados presentes na cobertura da Bahia Farm Show.

Para ter acesso à feira para conferir a exposição das tecnologias, debates e eventos realizados dentro do Complexo Bahia Farm está sendo cobrado o ingresso de R$15,00, sendo parte revertida para o Hospital do Oeste, por meio do programa “Ingresso Solidário”.

A Bahia Farm Show é organizada pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), com o apoio da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Fundação Bahia, Associação dos Revendedores de Máquinas e Equipamentos Agrícolas do Oeste da Bahia Ltda. (Assomiba) e Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães.

 


Compartilhe:

Comentários: