Consultoria agrega eficiência, qualidade e valor à pecuária de corte da região Oeste da Bahia

Agilidade nos dados referentes à qualidade da produção do rebanho é uma das vantagens da avaliação feita com ultrassonografia


Por: Silvania Costa

Foto: Arquivo pessoal

Desta vez, o relato de resultados positivos surgidos a partir dos atendimentos feitos pelo Sebrae refere-se à consultoria “Avaliação de Carcaça de Bovino de Corte por meio de ultrassonografia”, que visa aumentar a capacidade produtiva e diminuir a utilização de recursos e insumos no processo produtivo do rebanho. Com a formação de animais geneticamente superiores, levando em consideração as características de carcaça e qualidade da carne na área de olho de lombo, espessura de gordura subcutânea e marmoreio, é possível contribuir para a melhoria da produção, produtividade e qualidade das carcaças nos rebanhos comerciais.

Na região Oeste, o agropecuarista José Maria de Albuquerque Junior, dono da fazenda Timbós, no município de Formosa do Rio Preto, aderiu ao Sebraetec por meio da contratação da consultoria Avaliação de Carcaça de Bovino de Corte por meio de ultrassonografia, e, há três anos, recebe orientação de como produzir mais e melhor. José Maria trabalha com melhoramento genético e está satisfeito com os crescentes resultados alcançados com a consultoria ao longo dos anos.

“Eu estou fechando os dados, mas nós aumentamos 30% o AOL Médio – Área de Olho de Lombo. Aumentamos em 20% o nosso marmoreio médio dos animais que fizeram a safra toda. O grupo contemporâneo de cada ano, a média disso aí a gente já conseguiu através do retrato dos animais, o acasalamento, melhorar esses índices. Isso é importante demais porque esses animais não só vão ganhar mais peso, mas ganharão qualidade de carne, menos osso, mais carne e mais rendimento para toda a cadeia produtiva”, afirma.

A classificação de carcaça é essencial para quem busca maximizar a produção. O analista técnico do Sebrae em Barreiras, Evilásio Moreira, explica que, no caso do agropecuarista José Maria, ele está cada vez mais potencializando os melhores animais para serem multiplicados geneticamente.

“José já participa de um programa de melhoramento genético onde multiplica animais com melhor desempenho por meio da fertilização in vitro. Nesses animais que são gerados já com qualidade superior em relação aos demais é utilizada essa avaliação da carcaça. Com isso, o agropecuarista pode ter um nível a mais de melhoramento porque, dentre aqueles animais de alta qualidade que foram gerados, ele consegue observar quais são considerados ‘top’. Nesse contexto, a consultoria já faz uma avaliação por dentro do animal, identificando exatamente aqueles que são ‘top’, e esses de melhor desempenho em todos os aspetos serão o objeto da multiplicação”, exemplifica.

O analista do Sebrae afirma, ainda, que isto proporciona ganho para o produtor o que ele não teria se tivesse fazendo o processo de procriação convencional. Dentro das técnicas in vitro, a ultrassonografia de carcaça bovina é usada para avaliação da composição corporal dos reprodutores e de seus descendentes, avaliação dos lotes quanto à deposição de gordura, valorização do gado comercial no mercado, principalmente no mercado de leilão, valorização de lotes e de reprodutores com características positivas para rendimento de carcaça.

É justamente pesando em oferecer um produto final de qualidade que o agropecuarista, José Maria de Albuquerque Junior, busca produzir com eficiência, com foco em alto padrão e viabilidade econômica, possibilidades reais para quem participa da consultoria.

“Ganha toda a cadeia produtiva já que melhora o rendimento de carcaça no gancho para o vendedor de boi gordo e melhora o rendimento de desossa para a indústria frigorífica. O consumidor também ganha porque vai ter acesso a uma carne de animal mais jovem com marmoreio e sem gordura excessiva e a gente como fornecedor de semente melhoradora. Nós só estamos vendendo animais superiores de elite para a reprodução e, assim, elevando, ano a ano, a qualidade do nelore brasileiro junto com todos os outros confrades do Brasil todo”, finalizou José Maria.

Agência Sebrae de Notícias Bahia:
Mais notícias: http://www.ba.agenciasebrae.com.br
Canal no Telegram: t.me/sebraebahia
Podcast: bit.ly/imersaosebrae

Para mais conteúdos, siga o perfil @sebraebahia nas redes sociais:
http://www.instagram.com/sebraebahia
http://www.YouTube.com/sebraebahia
http://www.facebook.com/sebraebahia
http://www.twitter.com/sebraebahia
https://www.linkedin.com/company/sebraebahia

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800


Compartilhe:

Comentários: