Deputado Pablo Barrozo participa de Grupo de Trabalho para melhorar transporte marítimo na Bahia

Ascom do deputado
O deputado Pablo Barrozo (DEM) participou do Grupo de Trabalho formado por lideranças do município de Vera Cruz, representantes das ilhas, sociedade civil e deputados, a fim de buscar providências para melhoria do transporte marítimo da Baia de Todos os Santos. A reunião, que ocorreu na Assembleia Legislativa da Bahia e foi definida em audiência pública, contou também com a presença de sobreviventes do naufrágio envolvendo uma lancha que fazia travessia Mar Grande / Salvador, ocorrido em agosto, culminando na morte de 19 pessoas.
“O intuito desse grupo de trabalho é buscar medidas que possam solucionar os problemas nas travessias Mar Grande/Salvador e propor melhoria no transporte marítimo em toda a Baia de Todos os Santos. Não podemos deixar que o serviço das lanchas que faz as travessias continue sucateado, sem segurança e sem fiscalização. A Casa não pode se furtar ao debate, então estamos nos posicionando para cobrar providências e não deixar que tragédias como a que ocorreu mês passado caia no esquecimento”, pontuou, defendendo ainda a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar se houve algum tipo de negligência dos órgãos responsáveis.
Alguns pontos foram abordados na reunião, tais como, a falta de fiscalização da Agerba (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia) nas lanchas e sistema Ferry Boat; a falta de acessibilidade para portadores de deficiência nos terminais de acesso às embarcações; segurança dos barcos; não cumprimento do Estatuto do Idoso que prevê 10% de assentos reservados a pessoas acima de 65 anos; licença ambiental para construção de melhorias nos terminais, convocação de audiência com órgãos de fiscalização, implantação de sistema de monitoramento nas lanchas; dentre outros.
Ficou definido novas datas para andamento dos trabalhos e a solicitação de uma audiência pública com o governador do Estado e representantes da Agerba. “Daqui a 15 dias vamos nos reunir novamente para apresentar um levantamento dos problemas existentes no sistema de transporte marítimo e dar continuidade aos trabalhos”, afirmou o parlamentar.


Compartilhe:

Comentários: