Durante reunião em Brasília, Secretária Karlúcia Macêdo discute políticas para juventude barreirense

Com os trabalhos em pleno andamento, mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia do novo Coronavírus, a Prefeitura de Barreiras continua investindo em estratégias para promoção do bem-estar social e desenvolvimento humano. Com foco no atendimento aos programas sociais destinados ao público jovem, a secretária de assistência social e trabalho, Karlúcia Macêdo, esteve reunida com o coordenador de projetos para Juventude da Secretaria Nacional de Juventude, Ramon Cavalheiros, na última quinta-feira, 30, em Brasília.

A preocupação da gestão é ampliar horizontes dando aos jovens a oportunidade de desenvolver o empreendedorismo por meio das políticas públicas, garantido acesso aos benefícios sociais a exemplo do Programa Identidade Jovem, mas conhecido como ID Jovem.

Também foi discutida a inserção do município no Programa Horizontes, ainda em consolidação no âmbito nacional, que visa atingir jovens de 18 a 29 anos, em situação de vulnerabilidade social. A meta é aumentar a qualificação dos jovens para criação e manutenção dos próprios negócios, além de promover capacitações que ajudem na integração ao mercado de trabalho.

“Esse foi um momento importante para falarmos do fortalecimento de estratégias que potencializam a autonomia social e financeira da nossa juventude, isso vai desde a oferta de cursos de capacitação, mobilização social por meio dos conselhos municipais, até o acesso aos programas sociais já estabelecidos. Neste cenário de desafios cada vez maiores, os nossos jovens são fundamentais no seio familiar e no crescimento da nossa comunidade. A gestão não só entende como valoriza isso”, destacou a secretária Karlúcia Macêdo.

Já com relação ao ID Jovem, pessoas de 15 a 29 anos podem ter acesso a benefícios como descontos de 50% em shows, transporte, eventos culturais e esportivos. Para isso, a família deve ter renda mensal de até dois salários mínimos e os jovens, estarem inscritos no Cadastro Único do Governo Federal, com informações atualizadas há pelo menos 24 meses. O usuário precisa ter o Número de Identificação Social – NIS ou gerá-lo no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS do seu bairro. Posteriormente,  pode gerar sua ID Jovem por aplicativo e usufruir dos benefícios.


Compartilhe:

Comentários: