Empresa de biotecnologia vegetal elege Barreiras para atuar e ganhar novos mercados

Elevar Barreiras à condição de Cidade do Futuro, inteligente, sustentável e humana, é o foco do trabalho da gestão municipal, e esse ambiente de desenvolvimento tem possibilitado que novas empresas escolham o município para fixar suas bases de atuação e expandir os negócios. Na sexta-feira (19), o vice-prefeito, Emerson Cardoso, acompanhado pelo subsecretário de indústria, comércio e serviços, Roberto Carvalho fez uma visita à sede de uma dessas empresas, trata-se da Elite Biotech, que há um ano e meio está instalada do Distrito Industrial de Barreiras atuando na área de micropropagação de plantas em vitro.

Recepcionados pelo diretor de produção, Dilnei Medeiros e equipe, eles conferiram o trabalho realizado tanto no laboratório, onde são produzidas mais de três milhões de mudas de banana de alta performance e sem problemas fitossanitários, quanto no setor de aclimatação, responsável por acolher as mudas saídas do laboratório e as plantar em um substrato próprio para que se adaptem e possam ser entregues aos produtores.

A empresa, que nasceu em Santa Catarina, resolveu expandir os negócios e apostou em Barreiras para instalar uma base maior e mais abrangente, com vistas em novos mercados consumidores. “Em Santa Catarina trabalhamos apenas com o laboratório, após estudo de mercado, constatamos que 74% dos nossos clientes estão em um raio de alcance de 500 km, a partir de Barreiras. Além disso, aqui temos um aeroporto que oportuniza atender clientes que estão além deste raio. Uma cidade polo com uma logística que atende bem nosso negócio”, explica o diretor de produção.

As mudas produzidas, inicialmente de banana e maracujá, com ênfase maior na banana, têm como destino final os mercados da Bahia e Minas Gerais. Porém, a comercialização já está em expansão para Espírito Santo, Piauí e Maranhão. Os mercados de São Paulo e Paraná estão na relação dos futuros a serem explorados pela empresa. Além dos dois produtos já estão em andamento pesquisas para produção de aloe vera (babosa) e pitaya, tudo dentro de modernos padrões para oferecer ao produtor rural, plantas de qualidade e que resultem em maiores produtividades.   “A biotecnologia tem possibilitado um agronegócio ainda mais forte e com produtividade garantida. Esse avanço tecnológico tem contribuído com excelentes resultados na otimização da agricultura, gerando relevante incremento na produtividade de alimentos e, consequentemente, na geração de empregos e preservação do meio ambiente. Nos orgulhamos em receber a Elite Biotech, certamente mais uma grande empresa que chega para somar às aqui existentes, disse o vice-prefeito, Emerson Cardoso.

Dircom/PMB – 22.04.2021


Compartilhe:

Comentários: