Entrevista: Presidente da Câmara Otoniel Teixeira fala sobre o seu primeiro ano de gestão

Durante sua primeira entrevista de 2022 para o Jornal Gazeta do Oeste, o presidente destaca os desafios, as mudanças e as ações realizadas no Legislativo no ano de 2021.


 

Presidente da Câmara de Barreiras inicia o segundo ano de gestão com expectativas positivas.

 

 

Texto e Foto: Ivana Dias

 

Jornal Gazeta do Oeste – Em entrevista para o Gazeta do Oeste no mês de abril/2021, ao falar das expectativas sobre a presidência da Câmara, o vereador definiu como o maior desafio da sua vida pública. Após um ano na função qual a sua avaliação?

Otoniel Teixeira – Sem dúvida reafirmo que a experiência de atuar como presidente dessa Casa, que é a maior Câmara de Vereadores do Oeste da Bahia, é o maior desafio da minha vida pública. Estou iniciando o segundo ano e ao longo desses últimos doze meses, conseguimos encarar esse projeto com muita seriedade. A nossa avaliação da gestão é que conseguimos subir alguns degraus dessa escada na parte administrativa, fazer gestão e fazer política não é fácil, procuramos implantar um modelo que está sendo praticado no Brasil inteiro e recomendado pelos órgãos de controle, que é uma gestão moderna e dentro dessa modernidade eu diria que nesse contexto de avaliação, foi uma grande conquista que tivemos, fazer uma gestão que contemple o desejo da população de Barreiras e a nossa parceria com os colegas vereadores e servidores da casa. Avalio como positiva e que sem dúvida nenhuma foi o ponto principal para concluirmos esse ano de trabalho com sucesso.

JGO – Quais as principais dificuldades enfrentadas no Legislativo em 2021?

OT – Não podemos deixar de falar do período da pandemia. Enfrentar o período pandêmico foi o ápice da nossa gestão, quando a pandemia estava no seu ponto mais crítico em nossa cidade, ao mesmo tempo vimos o comércio local fechando por força da exigência da ciência e os diversos segmentos do comércio na porta da Câmara pedindo que fizéssemos alguma coisa para que eles pudessem trabalhar, como os proprietários das escolas particulares e pais de alunos, segmento da cultura da nossa cidade envolvendo os músicos, proprietários de carro de som, de casas de shows, de academias, bares e restaurantes. Entendemos que todos eles estavam pedindo socorro e ao mesmo tempo estávamos lidando com uma pandemia que estava matando todo dia aqui nos hospitais de Barreiras. Participamos de reuniões envolvendo a saúde do município, administração pública e o comitê com os técnicos de saúde. Foi um momento muito difícil que conseguimos superar com entendimento e diálogo. O comércio sofreu um “baque” muito grande e têm empresas que ainda não conseguiram voltar ao normal, mas o comércio de forma geral está provando sua força, tivemos um final de ano com vendas que talvez superem outros anos.

JGO – Qual projeto votado na Casa em 2021 é considerado o mais significativo?

OT – Sem dúvidas vários projetos importantes foram apreciados e votados aqui na cidade e na Câmara de Barreiras. Destaco a votação que todos os vereadores e a população de Barreiras se sentiram contemplados, que foi a aprovação do orçamento de mais de cem milhões para a construção do Hospital Municipal de Barreiras. Uma votação que aprovamos e que sem dúvidas entra para a história do Poder Legislativo, uma aquisição que vai somar e muito para a população de Barreiras, pois se trata do segundo Hospital Municipal da história do município. Temos informação de que já está sendo preparado o projeto para ser feita a licitação do hospital.

JGO – No Discurso de 100 dias foram apresentadas as reformas administrativas que possibilitaram a economia de R$1,5 milhão na casa em 2021 e a possibilidade de devolução desse valor à população. Essa ação foi concluída?

OT – Fizemos um grande planejamento ao longo dos primeiros dias de trabalho na Câmara e foi muito importante para que pudéssemos chegar ao nosso objetivo. Nesse período do Discurso de 100 dias de governo estávamos iniciando a execução desse planejamento, dialogando com os colegas vereadores e servidores da casa. Em seguida implantamos esse planejamento e tivemos a felicidade de concluir o nosso primeiro ano trabalhando de acordo com o que foi planejado. Aos 100 dias já estávamos com R$ 1 milhão em caixa, algo que já era histórico na casa e encerramos os 12 meses de gestão com o saldo de uma economia de R$2.457.783,30. Foi realmente uma gestão planejada e austera. O dinheiro já foi repassado ao Poder Executivo, com indicação conjunta para a construção da terceira ponte que ficará sobre o Rio Grande ligando os bairros do centro da cidade aos bairros da região de Barreirinhas. O local exato onde essa ponte será construída vai ser definido pelo Poder Executivo e os técnicos da Secretaria de Infraestrutura e Secretaria do Trânsito, que são as pessoas capacitadas para identificar o melhor local e também o mais viável para desafogar o trânsito.

JGO- Essas medidas administrativas serão mantidas em 2022? Haverá possibilidade de devolução de um novo valor este ano?

OT – O modelo de economia que fizemos em 2021 é algo histórico, vou lutar para continuar fazendo uma gestão austera e econômica sem deixar de ofertar tudo que for necessário para o funcionamento da Câmara e o mandato dos vereadores. Teremos alguns investimentos necessários a serem feitos em 2022, coisa que não fizemos em 2021. Por exemplo, está começando agora uma reforma interna na Câmara devido as fortes chuvas que aconteceram na cidade de Barreiras e causaram problemas de infiltração no telhado em alguns setores. Também estamos estruturando toda a equipe de comunicação e a partir do retorno dos trabalhos legislativos de 2022 vai está de cara nova e isso vai exigir um pouco mais de investimentos. Na reta final do ano de 2021 fizemos algumas aquisições importantes para o mandato dos vereadores que vai requerer um pouco mais de investimentos, mas o nosso intuito é continuar zelando pelo dinheiro público. Volto a dizer: precisamos fazer alguns investimentos e fazer uma gestão austera zelando pelo dinheiro público.

JGO – Quais as principais mudanças na comunicação da Câmara?

OT – Quando falamos em comunicação estamos falando em transparência e esse investimento não é só para levar a notícia, mas também transparência aos atos do Poder Legislativo. É cumprir com o protocolo e exigências dos órgãos de controle, como o Tribunal de Contas e o Ministério Público da Bahia, que acompanham  nossos atos. Tudo que pensamos em fazer nessa Casa, pensamos em dar transparência e levar ao conhecimento da população da melhor maneira possível. O primeiro ato no início da nossa gestão foi levar as sessões e os atos da Casa para as redes sociais, hoje é muito fácil a população ver o que está acontecendo quando transmitido pelo celular.  Além da Rádio Câmara e Tv Câmara que já tínhamos aqui, implantamos de imediato a transmissão ao vivo pelas redes sociais, Facebook e Instagram, um dos principais instrumentos. O intuito é fortalecer a transmissão do Youtube, não só das sessões, mas dos demais atos que acontecem como as audiências públicas, as notícias que envolvem os mandatos dos vereadores, as principais ações do Poder Executivo e de outras instâncias de controle e sociedade civil organizada de Barreiras. Tudo isso vai está ao vivo através dos nossos sistemas de comunicação. Estamos com o planejamento pronto e já vamos iniciar essa execução com o nosso jornal ao vivo no município a partir desse ano.

JGO – Quais as expectativas para 2022?

OT – Sem dúvida nenhuma a nossa expectativa e esperança é de que a vacina acabe de uma vez por todas com a Covid-19, que foi algo que afetou todas as pessoas do planeta. Estamos em uma cidade que tem a responsabilidade de assumir o protagonismo aqui na região oeste da Bahia com o maior comércio, o maior volume de obras, o maior volume de negócios do mercado imobiliário, estamos falando de uma cidade que tem o compromisso de levar o oeste para o Brasil inteiro e na condição de vereadores dentro dessa cidade iremos procurar fazer a nossa parte. Queremos zelar por essa marca tão forte chamada Barreiras e assim estamos zelando por cada um de nós. Nossa expectativa é que a Câmara esteja forte e unida em prol do município e possa continuar em plena harmonia com o Poder Executivo, temos uma excelente relação com o prefeito Zito Barbosa e estamos acompanhando a gestão tanto na condição de figura política vendo as coisas acontecerem como também acompanhando essas ações junto ao Tribunal de Contas com a clara certeza que a gestão está no caminho certo, estamos acompanhando isso em números. A atual gestão é um espelho para as demais gestões aqui do oeste da Bahia, um exemplo é o Projeto Barreiras 2030, que é um projeto bastante ousado e que queremos ajudar para que se consolide, para que Barreira se consolide cada dia mais como a principal cidade protagonista do oeste da Bahia.


Compartilhe:

Comentários: