Faculdade Guanambi inicia obras de ajustes e reformas em Prédio que funcionará o Pólo em Santa Maria da Vitória

O Exclusivo

A Pró-reitoria do Centro Universitário UniFG realizou no inicio deste mês de março, uma visita de início de obra, relacionada a ajustes no espaço onde funcionará o Pólo da instituição, no município de Santa Maria da Vitória.

Recentemente a então Faculdade Guanambi migrou para Centro Universitário, após ser avaliada, com nota máxima, pelo Ministério da Educação (Mec). A portaria de homologação foi publicada no dia 26/12/2017, no Diário Oficial da União.

Esteve presente na visita, representando a instituição de ensino superior, o Pró-Reitor de Pós-Graduação e Expansão, o Prof. Mauro Ribeiro, que está na instituição desde 2009 e ocupou, no último ano, a Gerência de Pós-Graduação. O vice-prefeito e também Secretário Municipal de Educação, Valdeci Augusto representando o prefeito Renatinho, que por motivo de viagem não pôde comparecer, além do Secretário Municipal de Saúde, Laerte Sérgio e do Secretário Municipal de Governo, Nery Batista que também participaram da visita.

Durante o encontro, foram apresentadas as plantas do local, as intervenções que serão realizadas e os procedimentos técnicos que devem ser seguidos antes, durante e depois da execução. Um complexo composto por salas de aula, laboratórios, biblioteca, auditórios e infraestrutura administrativa começará a ser erguido na cidade. Segundo o Pró-Reitor de Pós-Graduação e Expansão, o Prof. Mauro Ribeiro a previsão é que as aulas já comecem em 2019.

A escolha para a construção do novo Pólo em Santa Maria da Vitória se deu através de uma pesquisa de mercado realizada pela Faculdade. Segundo o Pró-Reitor, eles perceberam que Santa Maria da Vitória é uma cidade próspera e de grande potencial de desenvolvimento.  “Aqui nós queremos trazer também o desenvolvimento através da educação, queremos contribuir com este desenvolvimento. E para isso, traremos cursos nas mais diversas áreas, como: Ciências Agrárias, Gestão, Tecnologia e outros mais”, disse muito otimista e entusiasmado, o Prof. Mauro Ribeiro.


Compartilhe:

Comentários: