Grupo Emac inaugura sua primeira filial fora de Ibotirama

A nova unidade chega à Brejolândia como a maior e mais moderna da região com mais de 2 mil metros de área construída, e departamentos bem distribuídos.

Texto: Jayme Modesto

Fotos: RW Produções

A partir da manhã desta segunda-feira, dia 25 de fevereiro, a população de Brejolândia, no Oeste da Bahia passou a contar com uma unidade da EMAC na cidade. Na inauguração, várias autoridades municipais e regionais, assim como a imprensa, puderam conhecer todas as instalações que doravante irá servir a cidade. A nova unidade conta com um designe moderno e com aproximadamente 2.100 mil metros quadrados de área construída e bem distribuída.

Uma grande multidão compareceu ao evento e foi recepcionada com carisma e elegância dos empresários Simone Leite e Edilson Leite e equipe de colaboradores.

Apesar de não estar presente, o prefeito Gilmar Ribeiro (Mazim) elogiou a implantação do novo empreendimento em Brejolândia, declarou que o Grupo Emac brinda a cidade com uma loja que muito orgulha.

“É uma empresa que contribui para a geração de emprego e riquezas, uma empresa que se afirma e dignifica a nossa cidade”, disse o prefeito.

O empresário Edilson Leite, em seu pronunciamento além arrancar risadas do grande público presente, pontuou que a chegada da Emac à Brejolândia tem o objetivo de somar na construção do desenvolvimento e crescimento da cidade e não de atrapalhar ninguém.

“Não estamos aqui para concorrer com ninguém e sim para ser mais um empreendimento na cidade. Brejolândia entrou em nosso plano pela receptividade e espírito acolhedor desse povo, aonde, muitos munícipes já são nossos clientes há anos. Brejolândia está em franco desenvolvimento, é muito bem localizada e tem um povo extremamente acolhedor. Por isso, a escolha de Brejolândia como sede de nossa unidade, que é uma loja moderna e ecologicamente correta”, declarou Edilson.

 

A empresária Simone Leite, em seu pronunciamento fez uma retrospectiva da relação da Emac sede com os clientes de Brejolândia nestes anos de parceria. Diante dos dados positivos, não teve dúvidas quanto a escolha da cidade para a construção da nova loja, além de fazer parte do plano de expansão do Grupo Emac.

“Em nossa decisão levamos em conta os aspectos de logística, segurança, desenvolvimento econômico e mão de obra qualificada”, afirmou Simone destacando ainda que o diferencial da unidade de Brejolândia será qualidade dos produtos, preço e atendimento especializado.

Em matéria recente o Jornal Gazeta do Oeste falou do trabalho social realizado pelos diretores da Emac, que segundo eles Brejolândia também a partir de agora irá participar do programa “Emac Realiza o Meu Sonho”.

Revejam a matéria completa 

A solidariedade é uma qualidade que dignifica o ser humano. É um laço recíproco entre as pessoas, é um sentimento que envolve e constrói possibilidades transformadoras.

Ser solidário é aderir, apoiar concretamente a uma causa, com princípio, valor e sentimento humano. Ser solidário é uma atitude humano e social que vai ao outro, com vontade e determinação libertadora. Ser solidário é apresentar-se ao mundo consciente da responsabilidade que vincula os seres humanos, consciente do papel que podemos representar uns para os outros: para a família, para a comunidade, para a cidade, para a humanidade. Ser solidário é ir à busca da missão, é perseguir o ideal do desenvolvimento humano. Ser solidário é ser luz, é ser ajuda, é ser muito mais do que o sistema sócio-político e econômico induz que podemos ser. E é neste contexto, que os empresários de Ibotirama, Edilson e Simone Leite vem atuando, – exemplos de determinação e solidariedade.

O intuito agora é falar de seres humanos especiais, exemplos de cidadania, solidariedade e amor pelos menos favorecidos. Edilson Leite e sua esposa, Simone Queiroz Leite, empresários de Ibotirama, no oeste da Bahia, que há 12 anos, constroem casas populares por conta própria, para doar às famílias de baixa renda da cidade.

A atitude nobre dos empresários do ramo de material de construção e hotelaria já mudou a vida de muitas pessoas em Ibotirama. Inicialmente eles recebem milhares de cartas, após uma avaliação criteriosa da situação dos emitentes das cartas, escolhem três delas por ano para fazer a doação, em 12 anos eles já entregaram 36 imóveis, sendo a última casa entregue no dia 01 de dezembro de 2018.

Em entrevista ao Programa Encontro Marcado da TV Câmara, apresentado pelo Jornalista Jayme Modesto, Edilson Leite, revelou que a inspiração para realizar este projeto, veio do quadro “Lar Doce Lar”, do programa do Caldeirão do Huck, programa da TV Globo, para construir casas por conta própria e doar para famílias de baixa renda.

Para o empresário, o que mais lhe toca em realizar esse projeto é ver o sonho de uma família carente ser realizado.

“Por isso, o meu agradecimento a Deus por tudo que tem feito por mim e por minha família. Pensei que tinha que fazer alguma coisa para contribuir com minha cidade e a ideia nasceu e estamos dando continuidade a esse projeto”.

Simone conta que quando teve a ideia, Edilson ficou simplesmente maravilhado em poder dar um presente tão importante para quem precisa. Entre os diversos casos que a família Leite encontrou, estão dois que foram muitos especiais, o da dona Poliana Silva e da menina Cauane.

Até agora, Edilson e Simone conseguiram entregar 36 casas para famílias necessitadas. Poliana Silva, dona de casa e desempregada, é mãe de três filhos. Morava em uma casa de barro quando Edilson conheceu a situação dela e logo se sensibilizou e ajudou. Na casa de barro, a dona de casa ficava com muito medo quando chovia, pois o lar ficava praticamente alagado. Hoje, com a nova casa, Poliana pode ficar tranquila com a segurança dela e dos filhos.

O outro caso é o da menina Cauane, de apenas 9 anos, e portadora de paralisia cerebral. A mãe da criança, Érica Alves, havia procurado Edílson para pedir apenas blocos de construção. No entanto, o coração do empresário queria dar mais para a família das duas. Logo, a casa com dois quartos, banheiro, sala e cozinha estilo americana estava construída.

Érica tem apenas a agradecer o baiano de coração enorme. A dona de casa conta que não precisa sentir inveja da casa de ninguém, porque agora a casa que ela tem é linda. A mãe de Cauane ainda diz que nunca imaginou que teria um imóvel tão bom.

Por causa da boa ação, Edilson chegou a dar entrevista ao G1, da Globo. Ao site, o empresário conta que precisava fazer algo para ajudar o próximo, ainda mais depois de tudo que conseguiu conquistar durante a vida. Por enquanto, as ações de Edilson se restringem a região de Ibotirama. Assim, o empresário, que recebe diversas cartas, pode visitar todas as famílias que precisam de ajuda.


Compartilhe:

Comentários: