MAIS DE 1,3 MIL FAMÍLIAS SÃO BENEFICIADAS PELO PROGRAMA GARANTIA-SAFRA

Ascom

Os pequenos produtores rurais de Santana agora contam com mais um incentivo. Sob a liderança e organização da Prefeitura Municipal, 1.328 famílias aderiram ao programa Garantia-Safra 2017/2018, do governo federal e vão contar com incentivos financeiros para continuar trabalho e vivendo do que produzem.

Além de se cadastrar, as famílias tiveram que ser vistoriadas de perto. O Governo do Estado sorteou, entre as mais de mil famílias, 50 propriedades rurais para serem visitadas. O objetivo da visita é conhecer as lavouras de perto e constatar se houve perda da safra no município de Santana.

O trabalho foi realizado pelo engenheiro agrônomo Sandro Oliveira, da Secretaria Municipal de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente. Durante 21 dias, o especialista percorreu 2985 quilômetros na região, visitando as propriedades selecionadas pelo estado, verificando perda da produção em todas elas.

Agora, o Governo do Estado deve aprovar o benefício das mais de mil famílias, que receberão o valor de R$ 850, dividido em 5 parcelas de R$170,00 cada uma. A iniciativa do programa Garantia-Safra beneficia agricultores que possuem renda familiar mensal de, no máximo, 1,5 salário mínimo e que plantam entre 0,6 e 5 hectares de feijão, milho, arroz, mandioca e algodão, que estão entre as lavouras mais cultivadas em Santana.

Para o secretário municipal de Agricultura, João Trajano, esse é mais um incentivo para o povo do campo. “Temos dado toda atenção aos pequenos produtores e é com muito orgulho que reativamos o programa no município. Na gestão passada, Santana ficou inadimplente com as contribuições do Garantia-Safra e, por isso, os agricultores não foram beneficiados. Em Santana, assim como em todo o Nordeste, essa ação ameniza um pouco as perdas provocadas pela estiagem e funcionam como um auxílio para ao homem e a mulher do campo que, mesmo com a vida tão sofrida, não perde a esperança. Queremos oportunizar que as pessoas continuem no campo, fazendo aquilo que gostam e sabem fazer, que é produzir o nosso alimento. Temos muito orgulho dos agricultores de Santana e vamos continuar lutando por mais e mais incentivos”, explicou o secretário.


Compartilhe:

Comentários: