Parque Vida Cerrado e Galvani distribuem mudas nativas durante Semana do Meio Ambiente

Nos dias 07 e 08 de junho, o Parque Vida Cerrado – primeiro e único centro de conservação da biodiversidade, pesquisa e educação socioambiental do Oeste baiano – e a Galvani – sua fundadora e principal mantenedora – distribuirão, gratuitamente, mudas nativas do bioma Cerrado à comunidade de Luís Eduardo Magalhães. A iniciativa faz parte da campanha “Conservar a natureza é semear um futuro melhor” e marca as ações de conscientização pela Semana Mundial do Meio Ambiente, mas também antecipa as comemorações pelo 15º aniversário do parque.

“A Semana Mundial do Meio Ambiente traz como tema neste ano a Recuperação dos Ecossistemas, justamente para nos alertar sobre a importância da conservação dos serviços ecossistêmicos e dos recursos hídricos que dependem, dentre tantas coisas, da manutenção da vegetação nativa. No campo ou na cidade, é nosso dever de casa assegurar a conservação do Cerrado, não apenas pelos benefícios ao meio ambiente e agricultura, mas para nossa própria sobrevivência”, destaca a bióloga e coordenadora do Parque Vida Cerrado, Gabrielle Bes da Rosa. A distribuição das mudas será realizada em frente à portaria social da Galvani, através do sistema de drive thru.

Novidade deste ano diz respeito ao Tour Virtual 360° pelo Parque Vida Cerrado, que está impossibilitado de receber visitas presenciais em virtude da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19). Através do passeio virtual, que é inédito na região, os visitantes vão ter uma experiência única por meio da plataforma do Google Street View. Para Mayco Melo, sócio e designer da Agência Negra Comunicação, o tour virtual 360º tem por objetivo levar o contato com a natureza para ainda mais pessoas, onde quer que elas estejam. “É uma nova forma de conhecer lugares durante a pandemia. Tenho certeza que as pessoas ficarão com ainda mais vontade de visitar o parque quando isso for possível”, comemora.


Compartilhe:

Comentários: