Programa Encontro Marcado debate sobre o mercado de trabalho pós pandemia

 

O mundo enfrenta uma situação diferente e a pandemia global está impactando direta e indiretamente o mercado de trabalho. Profissionais liberais ou não, tiveram que se adaptar ao novo comum para assim, manter o emprego e vencer a competitividade. Grande parte das pessoas adotaram o trabalho home-office, tiveram que se adaptar a um novo estilo de vida, de repente e muito rapidamente. Esse é um dos maiores desafios em meio à crise sanitária que o país e o mundo enfrentam.

Pensando neste novo contexto, o Programa Encontro Marcado da TV Câmara, entrevistou o empresário e consultor Alexandro Ribeiro da Agência Dream, especialista no assunto, para falar sobre as rápidas transformações e tendências do mercado de trabalho que permanecerão no pós-crise. Além de dicas para o sucesso, outros temas foram debatidos, Alexandro Ribeiro acredita que no mundo pós-pandemia vamos caminhar para um modelo de trabalho híbrido, com mais flexibilidade, mas que vai exigir novas competências e rotinas.

Para ele, o futuro do mercado de trabalho pós-pandemia ainda pode ser considerado uma incógnita. “Isso porque, no início de 2020 quando nós abordamos as principais tendências de mercado para o ano jamais imaginaríamos que a partir de março grande parte do mundo trabalharia de forma remota e em isolamento social.

O até mesmo que estaríamos vivendo uma pandemia. Assim, as tendências de flexibilização das jornadas, automação de processos e transformação digital, que deveriam acontecer ao longo de cinco anos aconteceram praticamente do dia para a noite e se tornaram questão de sobrevivência para as empresas, já que a capacidade de absorver mudanças e se adaptar com facilidade serão fundamentais nos próximos anos”.

Alexandro destacou ainda, “apesar do futuro ser imprevisível, alguns estudos já estão sendo feitos para identificar os possíveis comportamentos do mercado de trabalho pós-pandemia, cuja principal preocupação é a recuperação econômica para o próximo ano, mas que também é preciso descobrir novas formas de liderar”.

Alexandro falou também da importância da parceria das agências com as empresas e a atualização do cadastro dos candidatos, questões determinantes para as colocações no mercado de trabalho. “É importante que as pessoas atualizem seus cadastros, definam seu perfil e mostrem a capacitação que já tem, pois temos muitas opções de cursos que tem sido oferecidos para as pessoas avançarem em seu currículo. Cada vez mais os empresários olham para isso, as pessoas precisam estar capacitadas, com um nível escolar mais elevado, o que facilita também”, destacou Ribeiro.

Jayme Modesto


Compartilhe:

Comentários: